Escolas têm segunda noite de desfiles hoje na Passarela
Tecnologia do Blogger.

Escolas têm segunda noite de desfiles hoje na Passarela



Se apresentam hoje, a partir das 21h, no Anel Viário, cinco agremiações; Mocidade Independente da Ilha, Túnel do Sacavém, Flor do Samba, Marambaia e Turma do Quinto entram na briga pelo título de campeã
Hoje, a partir das 21h, as escolas de samba voltam a desfilar na Passarela do Samba, no segundo e último dia do concurso. A primeira a se apresentar será a escola Mocidade Independente da Ilha, abrindo alas para Túnel do Sacavém, Flor do Samba, Marambaia e Turma do Quinto.


A Marambaia do Samba levará o tema “Mãe África herança dos nossos ancestrais” para o Anel Viário. O carnavalesco é Denis Melodis e as cores da escola são azul, branco e amarelo ouro.

Um dos desfiles mais aguardados é o da Flor do Samba, que homenageará o Grupo Independente de Teatro Amador (Grita), que comemora 41 anos de existência e tem como destaque o espetáculo “Via Sacra”, no bairro Anjo da Guarda.

O tema é “Do Carnaval ao teatro, do Itaqui ao Bacanga, grita minha Flor e dá voz ao anjo da esperança”. Um dos desafios do carnavalesco Ítalo Fonseca será abordar a história de um grupo sem necessariamente ressaltar apenas a apresentação da Via Sacra. Outras peculiaridades do Grita serão mostradas, como a implantação de oficinas de dança, que agregam valor à comunidade do Anjo da Guarda.


Abre-alas
O carro abre-alas da Flor do Samba deverá chamar a atenção das arquibancadas e camarotes na avenida. O Carrum Navalis terá 22 metros de comprimento e será a maior alegoria do Carnaval maranhense dos últimos tempos.

O destaque principal será o produtor cultural e aderecista maranhense Jonny Ferreira, que representa o Sol. Com ele, estarão no carro, em segundo plano, alguns modelos e rapazes vencedores de concursos de beleza, entre eles, o mister São Luís Teen e alguns candidatos a Mister Maranhão deste ano. Os rapazes representarão cavaleiros gregos, anunciando a chegada do Carnaval no Brasil. No total, 11 pessoas virão no carro abre-alas.

A fantasia a ser usada por Jonny Ferreira foi confeccionada pelo próprio aderecista, com a supervisão do carnavalesco Ítalo Sousa. Jonny Ferreira tem 32 anos de Carnaval em escolas de samba no Maranhão e já passou também pelas escolas cariocas Beija Flor, Salgueiro, Unidos do Viradouro e Mocidade Independente de Padre Miguel. “É uma satisfação sem igual participar do carnaval maranhense e poder abrir o desfile naquele que será o maior carro alegórico já visto no Maranhão. Estamos empenhados para arrebatar esse título para a Flor do Samba”, disse Jonny Ferreira.


Quinto
A Turma do Quinto, por seu turno, levará para a Passarela do Samba do Anel Viário o tema “O quinto canta o Akomabu: a cultura não pode morrer”, em homenagem a um dos mais famosos blocos de religião de matriz africana do Maranhão.

O samba-enredo é de autoria dos compositores: Josias Filho, Luzian Filho e Luis Fernando. A agremiação desfilará com 20 alas e 150 componentes na bateria. O samba será interpretado por Gabriel Melônio. O desfile, conforme o presidente, terá uma intensa participação de integrantes do Centro de Cultura Negra do Maranhão.

A agremiação pretende empolgar a arquibancada com a homenagem ao bloco Afro Akomabu, que surgiu como uma proposta educativa para, por meio da criatividade, musicalidade e percussão, sensibilizar a sociedade Maranhense para a valorização da cultura negra e afro-brasileira. A parceria com a Turma do Quinto é uma troca de saberes como fortes elementos para a divulgação das conquistas da população negra no Maranhão, a partir da criação do Centro de Cultura Negra do Maranhão.

Campeã do Carnaval 2016 junto à Favela do Samba, o Quinto busca a conquista do seu 12º titulo e conta com a experiência da sua equipe de carnavalescos, como Washington Coelho, Marcos Túlio, Darlan Oliveira e outros abnegados diretores.

A escola foi fundada em 1940, sendo a terceira mais antiga existente em São Luís, logo após Turma de Mangueira (1929) e Flor do Samba (1939). É a escola que detém mais títulos de campeã. Seus enredos quase sempre tratam sobre a cultura maranhense. Um dos desfiles mais marcantes foi o de 1981, sobre a Praia Grande.

Serviço
O quê Desfile das escolas de samba

Quando Hoje, 27, às 21h 

Onde Passarela do samba do Anel Viário 

Ingressos Trocados por alimentos não perecíveis, no local


0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!