Tecnologia do Blogger.

Brasileiros seguem entre os que mais bebem na AL


Os adultos brasileiros bebem, em média, 8,7 litros de álcool puro por ano - quantidade que já foi maior, mas continua sendo uma das mais altas nas Américas e supera a média mundial, segundo um recente informe da Organização Mundial da Saúde (OMS).
De acordo com a medição, baseada em dados compilados entre 2008 e 2010, o país tem a nona maior média de consumo alcóolico, entre 35 países pesquisados no continente (veja a tabela abaixo).

Sampaio Corrêa perde para o Oeste e deixa G-4 escapar

Mazinho fez um golaço no estádio José Liberatti, em Osasco
Com a derrota em Osasco, o Tricolor segue com 25 pontos e cai uma posição
  •  
  •  
OSASCO – Depois de quatro jogos, o Sampaio Corrêa voltou a ser derrotado no Campeonato Brasileiro Série B. Em partida disputada na noite desta terça-feira (28), no Estádio Prefeito José Liberatti, em Osasco, a Bolívia Querida não repetiu as boas atuações dos últimos jogos e foi batido pelo Oeste: 1 a 0. Foi a 15ª partida do time maranhense na competição nacional.

UFMA expande ensino superior por meio de programas especiais Cursos de graduação alcançam hoje cerca de 50 municípios maranhenses


 A política de interiorização das universidades federais, que ganhou fôlego na UFMA partir de 2007, com o projeto de expansão, vem contribuindo para mudar a face do ensino superior no estado. O novo modelo propõe que a educação superior não se concentre apenas nas capitais ou grandes centros econômicos, mas chegue também ao campo e ao interior dos Estados, levando oportunidades reais às diversas regiões, qualificando e desenvolvendo competências profissionais e, principalmente, propagando a produção de conhecimento atendendo às orientações da Declaração dos Direitos do Homem.

Falta de segurança no Centro deixa população temerosa

DÁ MEDO DE ARREPIAR
Sensação de medo aumentou após homicídio registrado na sexta-feira, dia 24, quando um homem foi assassinado em praça pública
Sensação de medo aumentou após homicídio registrado na sexta-feira, dia 24, quando um homem foi assassinado em praça pública
Quem fica nas praças do Centro tem de se precaver das ações criminosas que acontecem na região
Quem fica nas praças do Centro tem de se precaver das ações criminosas que acontecem na região (Foto: Flora Dolores)

No passado o Centro de São Luís abrigou as principais escolas da rede provada e pública da cidade, pessoas ilustres moravam na região e descansar em suas praças era programa feito por famílias e namorados. Hoje, andar pelas ruas e avenidas da região central de São Luís, mesmo durante o dia, é um desafio àqueles que precisam se deslocar para os seus locais de trabalho, ou mesmo fazer compras no principal centro comercial da cidade.

Greve de professores de universidade federais completa dois meses


Na UFMA, os docentes aderiram à greve nacional um pouco mais tarde.

SÃO LUÍS - Após dois meses em greve, completados nesta terça-feira (28), os docentes das Instituições Federais de Ensino (IFE) continuam mobilizados e pretendem intensificar ainda mais a luta no mês de agosto, para avançar nas negociações com o governo e alcançar conquistas reais para a categoria. Na pauta de reivindicações dos docentes, entre outros, está a defesa do caráter público da universidade, melhores condições de trabalho e ensino, garantia da autonomia universitária, reestruturação da carreira docente e valorização salarial de ativos e aposentados.

Exposição em São Paulo apresenta diversidade cultural brasileira

Criado em 25/07/15 16h58 e atualizado em 25/07/15 17h10 
Por Elaine Patricia Cruz Edição:Valéria Aguiar Fonte:Agência Brasil

Uma roda de capoeira abriu, na manhã de hoje (25), a exposição Patrimônio Imaterial Brasileiro  A Celebração Viva da Cultura dos Povos, na Caixa Cultural, no centro da capital paulista, que fica em cartaz até o dia 20 de setembro.
A exposição apresenta 37 bens culturais brasileiros registrados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), tais como o acarajé baiano (reconhecido em 2005), a cajuína do Piauí (em 2014), os toques de sinos de Minas Gerais (2009) e a manifestação maranhense do Bumba meu boi (2011). A própria capoeira, que abriu a exposição e mistura arte marcial, jogo, dança, música e esporte, também foi reconhecida e registrada como patrimônio cultural brasileiro em 2008 e integra a exposição com objetos como o berimbau e o agogô.

visualizações!