Cortejo marca celebração ao Dia Municipal do Bloco Tradicional
Tecnologia do Blogger.

Cortejo marca celebração ao Dia Municipal do Bloco Tradicional

CULTURA
THIAGO BASTOS - Jornal O Estado do maranhão 
De acordo com organização do evento, cerca de 10 grupos participaram da apresentação, cuja finalização ocorreu na Praça dos Catraieiros

Blocos tradicionais, típicos do estado, se apresentaram ontem em desfile pelas ruas do Centro Histórico/De Jesus
Blocos tradicionais, típicos do estado, se apresentaram ontem em desfile pelas ruas do Centro Histórico/

Para marcar o Dia Municipal do Bloco Tradicional – comemorado em 8 deste mês – grupos desta manifestação popular genuinamente maranhense e se apresentaram no início da noite de ontem por ruas do Centro Histórico de São Luís. O desfile passou pela Rua Grande e foi concluído na Praça dos Catraieiros, na Praia Grande, ao lado da Casa do Maranhão.
A concentração do cortejo ocorreu às 17h de ontem, em frente à Biblioteca Pública Benedito Leite. Aos poucos, os integrantes dos blocos chegaram, com suas fantasias e instrumentos típicos da brincadeira. Alguns grupos ensaiaram músicas antes da apresentação.

Às 18h, os grupos saíram da concentração e seguiram pela Rua do Passeio. Em seguida, os brincantes “invadiram” o principal centro comercial da capital maranhense, chamando a atenção dos transeuntes e dos funcionários de lojas. Algumas pessoas, por meio de celulares, tiraram fotos durante a passagem do cortejo.
Na Rua Grande, os brincantes, em um só grito, ecoaram versos que exaltavam a manifestação, como “Vai querer, vai querer” e “Só na batida do bloco tradicional”. “Muito bacana a manifestação. Fui surpreendida, pois estava indo para casa e parei um pouco para curtir a apresentação”, disse a vendedora Rosenilde Oliveira.
Após a passagem pela Rua Grande, o cortejo seguiu até a Praia Grande, onde o público já aguardava pelas brincadeiras. De acordo com o presidente da Associação Maranhense dos Blocos Carnavalescos (AMBC), Brasa Santana, atividades como o cortejo são importantes para a valorização da cultural maranhense. “É importante que esse tipo de evento ocorra, até para que o público saiba que a cultura do seu estado é riquíssima e cheia de peculiaridades que só existem aqui no Maranhão”, afirmou.
Ele explicou o porquê do dia 8 de maio ser considerado, em âmbito municipal, alusiva aos blocos tradicionais. “É o dia em que um dos grandes nomes dos blocos tradicionais, mestre Walmir, do bloco Os Foliões, nasceu. Apesar de falecido, fica a lembrança saudosa dele”, disse Brasa Santana.
Um dos grupos que se apresentou no cortejo foi o bloco Os Reis da Liberdade, que existe há 25 anos. De acordo com o diretor do grupo, Eder Silva, fazer a cultura no Maranhão é uma “alegria”. “Para mim, é uma benção participar todos os anos do Carnaval do nosso estado e fazer parte de uma homenagem assim me deixa sempre muito feliz”, disse.
Outro grupo que também se apresentou no Centro foi Os Fanáticos, do bairro Liberdade. A manifestação existe há 15 anos e ficou na quinta colocação no Grupo A dos desfiles da passarela do samba deste ano. “Conseguimos uma boa colocação, graças a uma apresentação com raça e desenvoltura. Hoje [ontem] é apenas uma homenagem a todos os companheiros que ajudam a manter a força do bloco tradicional”, disse o presidente do bloco Os Fanáticos, Henrique Brito.
Pagamento - De acordo com o presidente da AMBC, todos os grupos receberam os cachês pela participação no Carnaval. “Todos os grupos foram pagos, porém houve uma queda sensível nos investimentos por parte do poder público”, disse.


0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!