Sebastião Jorge, novo membro da AML
Tecnologia do Blogger.

Sebastião Jorge, novo membro da AML

Sebastião Jorge toma posse hoje na Academia Maranhense de Letras

Professor Sebastião Jorge tomará posse hoje, às 19h, na Academia Maranhense de Letras, onde ocupará a cadeira de número 10, que ficou vacante com a morte de Jomar Moraes

A Academia Maranhense de Letras (AML) recebe hoje o seu mais novo membro, eleito para ocupar a cadeira de número 10, cuja vaga ficou aberta com a morte do escritor Jomar Moraes. Quem assume é o jornalista Sebastião Jorge, que tomará posse às 19h, durante solenidade a ser conduzida pelo presidente da Casa, Benedito Buzar. A solenidade acontecerá na sede da instituição, na Rua da Paz.
Desde a década de 1960 exercendo a profissão que escolheu para a vida (ele foi redator do Jornal do Dia, hoje O Estado), o novo imortal da Casa de Antônio Lobo tem uma trajetória de destaque enquanto professor e pesquisador do jornalismo no Brasil. Ele concorreu à cadeira na AML com oito livros e duas antologias, sendo uma sobre o escritor maranhense Amaral Raposo, um incansável na defesa às normas gramaticais da língua portuguesa e que se destacou também no jornalismo opinativo como bom articulista, exímio editorialista e cronista. O trabalho foi publicado na obra “Imprensa Brasileira: Personagens que fizeram história”, organizada pelo professor José Marques de Melo e que oferece uma introdução à trajetória da mídia brasileira.
Sebastião Jorge se diz lisonjeado por sentar no lugar anteriormente ocupado por um querido amigo. “Estive conversando com alguns membros da família dele (Jomar Moraes) e percebi que eles ficaram também muito satisfeitos”, conta.
Professor emérito da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Jorge declara-se um apaixonado pelo ato de escrever. “Sou mais de escrever do que de falar, e principalmente quando preciso falar sobre mim”, disse.
Formação
Formado em Ciências Jurídicas e pós-graduado em Teoria e Técnica da Comunicação, Sebastião Jorge é também licenciado em Geografia. O homem de fino trato e culto é um nome consistente para figurar nas páginas do livro da AML e, segundo o próprio Benedito Buzar, este já deveria ter se associado. Natural de São Bento, Sebastião Jorge sempre gostou de ler e escrever, hábito que cultua desde os tempos do jardim da infância, incentivado por suas primeiras professoras.
Serviço
O quê
Posse de Sebastião Jorge na AML
Quando
Hoje, às 19h
Onde

Academia Maranhense de Letras, na Rua da Paz

0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!