Lima Duarte discorre sobre sua carreira durante bate-papo no Guarnicê
Tecnologia do Blogger.

Lima Duarte discorre sobre sua carreira durante bate-papo no Guarnicê

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas e área interna

Na manhã deste sábado o Cine Praia Grande recebeu  o renomado ator Lima Duarte para um bate-papo aberto ao público como parte da programação do 40º Festival Guarnicê de cinema. O encontro foi mediado pelo cineasta e um dos curadores da mostra, Eduardo Valente. O Guarnicê foi aberto nesta sexta-feira,2, e segue até o dia 10 no centro histórico de São Luís.


Antes do debate foram exibidas cenas do filme Utopia no qual Lima Duarte personifica o Padre Antônio Vieira, trabalho, que segundo o ator, foi marcante em sua carreira, mesmo enfrentando muito preconceito pelo papel que estava interpretando. Duarte também só tinha elogios para o diretor do filme, Manoel de Oliveira, de quem se orgulhava ser amigo intimo.

Ao final do bate-papo, Duarte fez questão de ressaltar que é a paixão quem move o ator de 87 anos de idade a continuar atuando. “A paixão pela arte me mantém em pé, é o que me move e me deixa continuar a atuar, e são momentos como esse que sei que fiz a escolha de profissão certa. O Guarnicê é muito grande e fico feliz de ser o homenageado”, destacou.

O ator comentou sobre o seu filme Deserto que foi destaque na cerimônia de abertura do Guarnicê e no qual tem uma marcante participação. Segundo ele, foi maravilhoso fazer o filme, mesmo em condição ambiental tão adversa, mas o desejo por fazer o personagem, como qualquer outra coisa de sua vida, foi muito grande. Por último depois de tantos causos contados e boas risadas com a platéia Lima Duarte criticou a nova geração de atores principalmente por escolherem a profissão por status e não por amor ou como responsabilidade para mostrar ma realidade.

Ao final, Lima do Duarte foi aplaudido de pé pelo público do Cine Praia Grande e teve que enfrentar o assédio dos fãs antes de deixar o local.

O 40º Guarnicê, promovido pela Universidade Federal do Maranhão, por meio do Departamento de Assuntos Culturais (DAC/UFMA) tem patrocínio do Mateus e do Governo do Maranhão/Sectur, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. Tem apoio do Banco do Nordeste, Fundação Sousândrade, Universidade FM e TV UFMA, Academia Internacional de Cinema (AIC), Prefeitura de São Luís, Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão e Rock Filmes.



0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!