Justiça da Espanha aceita denúncia contra Neymar e Bartomeu, diz jornal
Tecnologia do Blogger.

Justiça da Espanha aceita denúncia contra Neymar e Bartomeu, diz jornal

Neymar, pai e filho, audiência em Madri (Foto: AP)

Segundo "El Pais, decisão abre caminho para que o jogador, seu pai e sua mãe sejam levados a julgamento. No Brasil, recurso do MPF é enviado para ser julgado

O juiz José de la Mata aceitou a denúncia contra Neymar, seu pai e sua mãe, Nadine Gonçalves, pouco mais de um mês após o Ministério Público da Espanha solicitar a reabertura do caso - que havia sido arquivado da esfera criminal em julho. Segundo o jornal espanhol "El País", que publicou nesta segunda-feira a decisão da Justiça, a ação, movida pelo grupo DIS, acusa tanto o jogador quanto seus pais de corrupção e fraude fiscal por conta da transferência do Santos para o Barcelonaem 2013. 


A decisão do juiz espanhol abre caminho para que o jogador seja levado a júri e, segundo a agência "AP", os promotores têm agora 10 dias para formalizar o pedido de julgamento. Além do craque e seu estafe, o atual presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, e seu antecessor Sandro Rosell também serão investigados, bem como o próprio clube catalão.
A quarta seção da Audiência Nacional, que solicitou ao juiz José de la Mata a reabertura o caso em setembro, entende que houve crimes de fraude e corrupção entre os envolvidos, o que forçou a reabertura do processo criminalmente. À época, a NN Consultoria, empresa do pai do jogador, se manifestou com um comunicado negando as denúncias e dizendo que continuam "tranquilos porque todos os contratos foram firmados com respeito aos preceitos legais, éticos e morais e com a ciência do Santos Futebol Clube e FC Barcelona". Nesta segunda, a assessoria de imprensa da empresa afirmou que não iria comentar o caso novamente. Já o Barcelona divulgou uma nota dizendo que vai recorrer.
Despacho da Justiça da Espanha contra Neymar (Foto: Reprodução/Buzzfeed)Despacho da Justiça da Espanha contra Neymar (Foto: Reprodução/Buzzfeed)
O site Buzzfeed teve acesso ao despacho do juiz José de la Mata. No documento, o magistrado argumenta que há indícios de que Neymar e sua família tenham praticado corrupção privada ao negociar, em separado, com o Barcelona, em 2011, dois anos antes do fim do contrato com o Santos. O negócio teria sido com empresas do pai do jogador.
Na Espanha, corrupção privada é punida com penas que variam de 6 meses a 4 anos de prisão. O delito se caracteriza para quem receber vantagens indevidas na violação da compra de bens ou contratação de serviços profissionais. Autora da ação, o grupo DIS era dono de 40% dos direitos econômicos do ex-jogador do Santos. A empresa se sentiu prejudicada na negociação e recorreu para tentar obter parte do que foi pago. O nome da mãe de Neymar, Nadine Gonçalves, foi incluída devido à participação dela nas empresas do pai do jogador.

0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!