10ª edição da Feira do Livro de São Luís começará nesta segunda-feira (7)
Tecnologia do Blogger.

10ª edição da Feira do Livro de São Luís começará nesta segunda-feira (7)


10ª edição da Feira do Livro de São Luís começará nesta segunda-feira (7) com conferência às 20h, na Praça Nauro Machado, sobre Gonçalves Dias, patrono do evento este ano.
A 10ª edição da Feira do Livro de São Luís (FeliS), que deveria começar neste domingo, 6, abrirá nesta segunda-feira, 7, e se estenderá até o dia 13 deste mês, funcionando das 13h às 22h todos os dias. Com estrutura montada no estacionamento do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho (Praia Grande), o evento ocupará ainda outros espaços do Centro Histórico. A programação contempla palestras, oficinas, rodas de leitura e lançamentos, além de ter confirmado escritores e palestrantes de renome nacional.

A conferência de abertura será às 20h, na Praça Nauro Machado, com o escritor e pesquisador Weberson Grizoste, especialista na obra do poeta maranhense Gonçalves Dias, o homenageado deste ano.
A FeliS movimenta, anualmente, a cena cultural do estado e este ano traz como tema "Ler a Cidade e suas Memórias", uma reverência à larga tradição literária da capital maranhense. Nomes como Caco Barcellos (SP), Jotabê Medeiros (SP), Celso Antunes (SP), Thalita Rebouças (RJ), Gustavo Lacombe (RJ), Carla Mauch (RJ), Eduardo Bueno (RS), Ferrez (SP), Marcia Tiburi (RS), Weberson Grizoste (AM), Luciano Pontes (PE), Luiz Américo (BA) e Stella Maris Rezende (MG) estão confirmados pela organização do evento.
Escolhido para ser reverenciado pelo evento nesta edição, o autor de “Canção do Exílio”, responsável por consolidar o movimento romântico brasileiro, o poeta caxiense Gonçalves Dias terá sua vida e obra comentada na palestra de abertura da Feira.
A conferência será ministrada em praça pública pelo pesquisador Weberson Grizoste que é graduado em licenciatura plena em Letras pela Universidade do Estado de Mato Grosso (2006), tem mestrado em Poética e Hermenêutica pela Universidade de Coimbra (2009) e doutorado em Poética e Hermenêutica pela Universidade de Coimbra (2014). Atualmente é professor da Universidade do Estado do Amazonas. Atua, principalmente, nos temas indianismo, Gonçalves Dias, Virgílio, anti-épico e anti-epopéia.
Visitantes
De acordo com dados divulgados pela organização da Feira do Livro, são esperados mais de 200 mil visitantes, entre turistas e moradores locais. As principais conferências ocorrerão na Praça Nauro Machado e o evento ocupará as ruas, praças e espaços culturais do Centro Histórico, com estrutura que compreende 36 estandes para livreiros, nove estantes institucionais, cinco auditórios para palestras, debates e conferências, quatro espaços infantis e um palco principal na escadaria da Praça Nauro Machado.
Além da literatura, a Feira abrirá espaço também para outras formas de arte. É o caso das sessões de cinema que contemplarão películas infantis, filmes de cineastas locais e homenagens ao Festival Guarnicê de Cinema e também ao cineasta Hector Babenco.
Uma média de 2 mil metros quadrados será utilizada para a feira, ocupando os espaços do Cine Praia Grande, Casa do Maranhão, Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, Escola de Cinema (Iema), Beco Catarina Mina, estacionamento da Câmara Municipal, auditório da Defensoria Pública do Estado do Maranhão, auditório da Associação Comercial do Maranhão, o Teatro João do Vale, a Galeria Trapiche, o Anfiteatro Beto Bittencourt, as ruas Trapiche, Portugal e Estrela e a Praça Nauro Machado.
Com mais de 120 atividades artísticas, 65 lançamentos de livros de escritores maranhenses, 28 palestras, mais de 20 oficinas, sete debates literários com escritores, pesquisadores e poetas maranhenses, 14 escritores nacionais e outras atividades paralelas de intervenções, exposições, vendas de livros e artigos literários, a vasta programação da 10ª edição da Feira do Livro de São Luís contemplará todas as idades e envolve a participação direta de escritores renomados, ilustradores, mediadores da leitura e contadores de histórias, artistas, entre outros convidados.
A Feira do Livro de São Luís é uma promoção da Prefeitura de São Luís, por meio das Secretarias de Cultura (Secult) e de Educação (Semed), e tendo como correalizadores o Serviço Social do Comércio (Sesc) e a Associação dos Livreiros do Estado do Maranhão (Alem).
Serviço
O quê
10ª Feira do Livro de São Luís
Quando
De domingo até o dia 13 deste mês
Onde
Praia Grande
Saiba Mais
- A Feira do Livro de São Luís (FeliS) foi criada pela Lei Municipal nº 4.449, de 11 de janeiro de 2005
- A Feira tem o objetivo de fomentar as cadeias produtiva e criativa do livro e servir de mediação de leitura, além de habitar espaços culturais e patrimônios históricos da capital maranhense.
- A primeira foi realizada em 2007, no período de 18 a 27 de outubro, na Praça Maria Aragão.
- Em 2008, aconteceu de 9 a 19 de outubro e teve como patrono o escritor e teatrólogo maranhense Artur Azevedo, homenageado pelo ano de seu centenário.
- A terceira edição da Feira aconteceu no período de 20 a 29 de novembro. Ferreira Gullar foi o patrono.
- Em 2010, a quarta edição do evento aconteceu no período de 12 a 21 de novembro e teve como patrono o jornalista, escritor e cineasta ludovicense José Louzeiro.
- A quinta edição foi de 25 de novembro a 4 de dezembro e o patrono foi José Chagas.
- Em 2012, a Feira do Livro de São Luís migra da Praça Maria Aragão para o Ceprama, de 23 de novembro a 02 de dezembro.
- No ano seguinte, a Feira volta a ser realizada na Praça Maria Aragão, homenageando o poeta Nauro Machado.
- A oitava edição, em 2014 o cenário foi o Convento das Mercês e teve o escritor Wilson Marques como patrono.
- Em sua nona edição, a Feira do Livro de São Luís elegeu a professora e historiadora Lourdinha Lacroix como patrona.

0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!