Polícia Federal cumpre mandados por desvio de verbas da Saúde
Tecnologia do Blogger.

Polícia Federal cumpre mandados por desvio de verbas da Saúde

Mandados, também, estão sendo cumpridos em São Luís.
As operações ocorrem em cidades do Maranhão e do Tocantins
A Polícia Federal (PF) e a Controladoria Geral da União (CGU) deflagraram, na manhã desta quinta-feira (6), a 2ª e 3ª fase da operação Sermão aos Peixes, que investiga o desvio de verbas da Saúde. As operações foram denominadas de Abscôndito e Voadores.

Sessenta policiais federais, com o apoio da CGU, estão cumprindo, simultaneamente, 32 mandados judiciais, sendo três de prisão preventiva, 12 de condução coercitiva e 17 de busca e apreensão, além do bloqueio judicial de bens a apreensão e sequestro de uma aeronave. Os mandados estão sendo cumpridos nos municípios de São Luís, Imperatriz e Araguaína, além de Palmas (TO) e Arenópolis (TO).
A segunda fase, denominada operação Abscôndito, as investigações identificaram que o grupo criminoso agiu no sentido de destruir e ocultar provas, incluindo a venda suspeita de uma aeronave objeto de decisão judicial, após o possível vazamento da operação Sermão aos Peixe no dia 15 de novembro de 2015.
A outra fase da operação, Voadores, apurou o desvio de cerca de R$ 36 milhões de reais por meio do desconto de cheques e posterior depósito nas contas de pessoas físicas e jurídicas vinculadas aos envolvidos, incluindo o saque de contas de hospitais.
Os investigados serão indiciados pelos crimes de embaraço à investigação de infração penal que envolva organização criminosa, de peculato e de lavagem de capitais.
A operação que apura o embaraço à investigação foi denominada Abscôndito, que significa “escondido”, em alusão à ocultação e destruição de provas. Já a Voadores se refere à técnica empregada de desviar recursos públicos por meio de cheques.


0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!