Definidos os enredos e a ordem dos desfiles das escolas do Grupo Especial para o carnaval 2017
Tecnologia do Blogger.

Definidos os enredos e a ordem dos desfiles das escolas do Grupo Especial para o carnaval 2017



O carnaval de 2017 começa a tomar forma. Todas as escolas do Grupo Especial já estão com seus enredos definidos, e a ordem dos desfiles foi sorteada em festa realizada no dia 20 de junho, na Cidade do Samba.

DOMINGO – dia 26 fevereiro

A agremiação que abrirá os desfiles no domingo, dia 26 de fevereiro de 2017, é a Paraíso do Tuiuti. Campeã da Série A em 2016, a azul e amarelo do bairro de São Cristóvão falará sobre o movimento tropicalista com o enredo Carnavaleidoscópio Tropifágico, do carnavalesco Jack Vasconcelos.


Em seguida, desfilará a Acadêmicos do Grande Rio, que fará uma homenagem à cantora baiana Ivete Sangalo com Ivete do rio ao Rio!, de Fábio Ricardo.

Abordando uma temática sobre o Xingu, a terceira escola a pisar na passarela será a Imperatriz Leopoldinense trazendo o enredo Xingu, o Clamor que vem da Floresta, de autoria do carnavalesco Cahê Rodrigues. O  tema fará uma viagem sobre a cultura indígena tendo como ponto de partida as tribos indígenas da região do Xingu. “O enredo também homenageia o Parque do Xingu, resultado da luta e perseverança dos irmãos Villas-Bôas”, diz Cahe.

A quarta escola a se apresentar no domingo de carnaval será a Unidos de Vila Isabel. A azul e branco do bairro de Noel mostrará o enredo O Som da Cor, de Alex de SouzaA Vila Isabel, que por tradição, desfila temas culturais, revelará em seu enredo, para o carnaval 2017, a origem africana dos estilos musicais no continente americano.  O carnavalesco Alex de Souza, contará como esta força rítmica, trazida pela diáspora negra, foi semeada no novo mundo, nos tempos coloniais, originando a moderna música ocidental, que repercute em todo o planeta.

A penúltima agremiação do primeiro dia de desfiles será a Acadêmicos do Salgueiro, que terá como tema A Divina Comédia do Carnaval, do casal de carnavalescos Renato e Márcia Lage. Título com base na obra "A Divina Comédia", do poeta italiano Dante Alighieri.

Fechando o domingo de carnaval, a Beija-Flor de Nilópolis escolheu como enredo a obra “Iracema”, de José de Alencar, e tem como título A Virgem dos Lábios de Mel – Iracema. O projeto foi inspirado na obra que descreve o encontro entre o português Martin Soares Moreno e a Virgem dos Lábios de Mel, a índia da tribo Tabajara chamada Iracema. O estado do Ceará será o cenário principal para o romance desses dois personagens de civilizações distintas

SEGUNDA – 27 de fevereiro

Os desfiles da segunda-feira de carnaval começarão com a União da Ilha do Governador, penúltima colocada do Grupo Especial em 2016. A tricolor insulana aposta no enredo Nzara Ndembu – Glória ao Senhor Tempo, do carnavalesco estreante na elite Severo Luzardo. A  Ilha  trará uma mensagem poética sobre o passado, o presente e o futuro da humanidade no Carnaval 2017, onde os tambores baterão contando as relações do tempo com o universo.

A segunda escola será a São Clemente, com um enredo de título curioso, Onisuáquimalipanse, da carnavalesca Rosa Magalhães. Será uma grande viagem pelas festas, príncipes e princesas, jantares, jardins e palácios franceses, segundo a carnavalesca.

Em seguida, pisará na passarela do samba a Mocidade Independente de Padre Miguel, que falará sobre o Marrocos com o enredo As Mil e uma Noites de uma ‘Mocidade’ prá lá de Marrakesh, valoriza o aspecto cultural do país do norte da África através das histórias e lendas do deserto, será desenvolvido pelos carnavalescos Alexandre Louzada e Edson Pereira.O enredo é patrocinado e foi idealizado pelo ex-jurado do Grupo Especial e professor André Luis Junior.

É com o enredo "Música na alma, inspiração de uma nação" que a Unidos da Tijuca cantará na Marquês de Sapucaí em 2017 a influência do negro na formação musical americana. A escola continua a apostar na comissão de Carnaval formada por Mauro Quintaes, Annik Salmon, Hélcio Paim e Marcus Paulo, que deu à agremiação o vice-campeonato em 2016 com o tema "Semeando Sorriso, a Tijuca festeja o Solo Sagrado".

Logo após será a vez da Portela, do carnavalesco Paulo Barros, que levará para a avenida o enredo Foi um Rio que Passou em Minha Vida e Meu Coração se Deixou Levar. Além de homenagear o compositor, a azul e branca pretende abordar as questões que permeiam a água.

Encerrando os desfiles pelo segundo ano seguido, a Estação Primeira de Mangueira tentará o bicampeonato com Só Com a Ajuda do Santo. tema autoral do carnavalesco Leandro Vieira, que pretende mostrar na Sapucaí as maneiras íntimas de relação do povo brasileiro com as imagens religiosas e o quanto o sagrado é festejado.

Fazer BOX
Confia abaixo a ordem dos desfiles:
Domingo, 26 de fevereiro de 2017
Paraíso do Tuiuti
Grande Rio
Imperatriz
Vila Isabel
Salgueiro
Beija-Flor
Segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017
União da Ilha
São Clemente
Mocidade
Unidos da Tijuca
Portela
Mangueira



0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!