Histórias no coletivo registradas em curtas
Tecnologia do Blogger.

Histórias no coletivo registradas em curtas

CINEMA
Cena de um dos filmes do projeto CineraMA
Filmes que compõem o projeto CineraMA serão exibidos hoje, gratuitamente, no Cine Praia Grande
ALTERNATIVO - O ESTADO - O projeto CineraMA, que teve como objetivo criar uma equipe de desenvolvimento de conteúdo para cinema no Maranhão, vai mostrar hoje, em sessão gratuita, o resultado do edital que premiou 10 filmes curta-metragem realizados em 2015. A exibição será no Cine Praia Grande (Praia Grande), às 20h e logo após o público está convidado a celebrar no Chico Discos (Centro).

Serão exibidos os curtas “Circular 2” (Bruno Azevêdo e Arturo Saboia), “O Cobrador” (Marcos Ponts), “Traçados” (Arturo Saboia), “Assalto” (Arturo Saboia), “Alcebíades” (Breno Nina), “Cidade Olímpica” (Mavi Simão), “Carruagem de Donana” (Josh Baconi), “A Festa da Sesta” (Edízio Moura), “Vontade” (Caio Carvalho) e “Que Horas São?” (Daniel Prado). Os filmes tiveram o patrocínio da Vivo por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.
A cineasta e diretora da Mil Ciclos Produção Audiovisual, Mavi Simão, responsável pelo projeto, explica que o Cinerama foi pensando com o foco principal de criar um núcleo de desenvolvimento de roteiros. “Os curtas sinalizam uma semente importante para consolidação de uma linguagem do cinema maranhense. É uma grande alegria poder apresentar os resultados do CineraMA”, festeja Mavi Simão.
Ela explica que o projeto começou com uma chamada pública para o concurso de argumentos e que foram desenvolvidos parte dos roteiros a partir destes argumentos selecionados e que os demais textos foram criados pelos roteiristas que compõem o núcleo do projeto e que é formado por Celso Borges, Marcos Ponts, Bruno Azevêdo e Arturo Saboia, além da própria Mavi Simão.
Ônibus
Cada um dos participantes recebeu a indicação de criar um argumento de curta-metragem em que a trama se desenvolvesse dentro de um ônibus. A mesma orientação foi seguida pelos roteiristas convidados. Mavi Simão explica o ponto de partida para criação dos filmes: “Tudo pode acontecer dentro de um ônibus, esse é o elo entre os filmes”, frisa.
Ela conta que Breno Nina, que foi um dos vencedores do concurso de argumento, acabou tendo uma participação em todo o processo, pois ele desenvolveu o roteiro do seu argumento e dirigiu o filme.
Além de Nina, foram premiados pelo projeto os argumentos assinados por Claudio Marconcine, Gustavo Sampaio, Igor Nascimento e Manu Marques Barbosa. Cada um recebeu um prêmio de R$1.000,00 e teve a opção de participar do processo de desenvolvimento dos roteiros.
De acordo com Mavi Simão, o grande desafio foi filmar no ônibus em movimento. “Além da questão técnica, também acabamos descobrindo que os ônibus eram muito visados, fomos abordados diversas vezes pela polícia e acabamos tendo que rever todo cronograma e escopo das filmagens. Mas, independentemente dos desafios, o processo em si foi riquíssimo”, pontua Mavi Simão.
Após a exibição dos trabalhos, a cineasta conta que pretende dar seguimento ao projeto. “Essa fase encerra a apresentação dos resultados do projeto. Depois investiremos na carreira desses filmes, ou seja, na inscrição em festivais e na possível veiculação em TV fechada”, planeja a cineasta.
Para Ricardo Vieira, diretor da Telefônica Vivo na Regional Norte, que patrocinou o CineraMA, “a mostra é resultado das ações da Vivo que, além do seu negócio-fim, que é telecomunicações, também reconhece e valoriza projetos socioculturais em todo o país”, pontua Ricardo Vieira que completa: “É também uma forma da marca Vivo estar cada vez mais próxima do público maranhense”.
Mais
O CineraMA é uma realização da Mil Ciclos Produção Audiovisual, dirigido pela cineasta Mavi Simão, também realizadora do Festival Maranhão na Tela, que é hoje um dos mais importantes eventos de cinema do estado.
Serviço
O que
Exibição de curtas CineraMA
Quando
Hoje, às 20h
Onde
Cine Praia Grande


0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!