Lenda da percussão brasileira, Naná Vasconcelos morre aos 71 anos
Tecnologia do Blogger.

Lenda da percussão brasileira, Naná Vasconcelos morre aos 71 anos

LUTO NA MPB


Um dos maiores percussionistas brasileiros, Juvenal "Naná" Vasconcelos morreu na manhã desta quarta-feira (9), às 7h39. O músico pernambucano estava internado desde o último dia 29 no Hospital Unimed Recife III com complicações por causa de um câncer no pulmão. Segundo boletim médico, o músico não resistiu à progressão da doença.


SEM LIMITES

Músico do mundo, ele demonstrou em seus discos e parcerias, especialmente ao longo dos anos 1970, 1980 e 1990, que sua música não tinha limites geográficos, étnicos, muito menos de gêneros ou estilos. Viajou por vários continentes, tocando música instrumental, jazz, rock, música indiana, ritmos africanos, até folclore escandinavo, sem jamais deixar de lado suas profundas ligações com a música brasileira.

Não foram poucos os críticos e compositores que se surpreenderam com o talento de Naná. Usando apenas o berimbau e alguns instrumentos de percussão, além da voz e de seu corpo (eventualmente, chegou a usar fitas gravadas), era capaz de criar peças inventivas e sofisticadas, que o aproximavam da música de vanguarda, mesmo que não tivesse essa pretensão.

0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!