Mostra “Sombras que Assombram - o Expressionismo no Cinema Alemão” entra em cartaz hoje, às 18h, no Cine Praia Grande; nove filmes serão exibidos até sexta-feira
Tecnologia do Blogger.

Mostra “Sombras que Assombram - o Expressionismo no Cinema Alemão” entra em cartaz hoje, às 18h, no Cine Praia Grande; nove filmes serão exibidos até sexta-feira


Filme Nosferatu é um dos filmes da mostra Sombras que Assombram
Filme Nosferatu é um dos filmes da mostra "Sombras que Assombram" (Foto: Divulgação)

Nove filmes que marcam o expressionismo no cinema alemão da década de 1920 estarão em exibição a partir de hoje até a sexta-feira, 24, sempre às 18h, no Cine Praia Grande. A mostra “Sombras que Assombram - o Expressionismo do Cinema Alemão” também terá em sua programação o workshop “O Expressionismo do Cinema Alemão”, ministrado por Stella Aranha. A entrada é gratuita e os ingressos podem ser retirados com 30 minutos de antecedência das sessões.
Realizado pelo Sesc, por meio do projeto Cinema no Sesc, a mostra tem por objetivo levar conteúdo audiovisual de qualidade para todos os públicos do país, além de oferecer conhecimentos sobre o movimento expressionista alemão caracterizado pela distorção visual da realidade por meio de cenários estilizados com perspectivas irreais com uso exagerado da luz, sombra e personagens estereotipados. Todos os filmes serão exibidos em preto e branco.

Foi na Alemanha, fragmentada pelos resquícios da Primeira Guerra Mundial que o movimento teve seu auge e foi inspirado por grandes nomes da literatura como Hans Einz Ewers, E. T. A. Hoffmann, Johann Wolfgang von Goethe, Fiódor Dostoievski, Edgar Allan Poe, entre outros.
Na abertura do evento, que acontece hoje, às 18h, no Cine Praia Grande, a mostra exibirá o filme “Metrópolis”, do diretor Fritz Lang. A obra retrata uma crítica preocupação com a mecanização da vida industrial nos grandes centros urbanos, questionando a importância do sentimento humano, perdido no processo em um cenário do século XXI de uma grande cidade governada por um poderoso empresário.
“Metrópolis” foi um dos filmes mais caros de sua época custando o equivalente a mais de 5 milhões de marcos. Isso levou à falência a produtora Universum Film S.A. Além dos filmes, os visitantes podem participar do workshop “O Expressionismo no Cinema Alemão”, com Stella Aranha, na sexta-feira, 24, às 14h30, no Cine Praia Grande.
Outros importantes filmes que estarão em exibição na mostra representam o gênero de terror. São eles “Fausto” e “Nosferatu”. O primeiro, depois de filmado e editado, foi deixado de lado, pois os produtores não haviam gostado do roteiro e pediram para que uma nova equipe desse continuidade a obra. O novo roteiro apresentado também não foi do agrado dos produtores que decidiram voltar ao roteiro original.
Já “Nosferatu”, um dos maiores filmes que abordam a temática vampiresca foi o primeiro a apresentar Conde Drácula no cinema. O filme dirigido por Friedrich-Wilhelm Murnau também foi o pioneiro a dogmatizar o conceito popular de que vampiros morrem ao ter contato com a luz solar. “Nosferatu” já foi refilmado duas vezes, em “Nosferatu - O Vampiro da Noite” (1978) e “Drácula de Bram Stoker” (1992).
PROGRAMAÇÃO
Hoje
Exibições/Sessões
18h - Abertura
18h30 –“Metrópolis” – (1927) – 124’– P&B – Fritz Lang
Quarta-feira
Exibições/Sessões
16h – “As mãos de Orlac” (1924) – 110’ – P&B – Robert Wiene
18h – “O gabinete das figuras de cera” (1924) – 83’ – P&B – Paul Leni
20h – “O golem” (1920) – 68’ – P&B – Paul Wegener
Quinta-feira
Exibições/Sessões
16h – “O homem que ri” – (1928) – 110’– P&B – Paul Leni
18h – “Nosferatu” – (1922) – 94’– P&B – F.W. Murnau
20h – “O gabinete do Dr. Caligari” (1919) – 62’ – P&B – Robert Wiene
Sexta-feira
Exibições/Sessões
14h30 – Workshop “O Expressionismo no Cinema Alemão” com Stella Aranha
18h – “Fausto” – (1926) – 118’– P&B – F.W. Murnau

20h – “A última gargalhada” – (1924) – 91’– P&B – F.W. Murnau

0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!