Mano Alencar reúne obras expressionistas em exposição "Inquietações"
Tecnologia do Blogger.

Mano Alencar reúne obras expressionistas em exposição "Inquietações"

O cearense Mano Alencar é poeta, compositor, desenhista, escultor e artista plástico autodidata. Ele escolheu 24 obras para compor a exposição Inquietações, em São Luís.

Patrícia Cunha - IMPAR 
Arte


Inquietações, profusões de sentimentos... e um meio de extravasá-los de um jeito que o artista plástico cearense Mano Alencar mais sabe fazer: com obras de arte. O artista estará em São Luís para expor pela primeira vez seu trabalho que exibe uma profusão de cores na exposição Inquietações, nesta quinta-feira (7), às 19h, na Galeria Trapiche Santo Ângelo (Centro Histórico). 
As 24 obras em acrílico sobre tela fazem parte de um novo trabalho que começou há seis meses. O artista completa 35 anos de carreira e faz praticamente uma exposição por ano, não só no Brasil, mas em países como: Itália, França, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Argentina e Cuba.
Com Inquietações o artista tenta passar para o público a emoção que ele sentiu ao produzir todo o trabalho que fala de situações e temas cotidianos recorrentes e que de certa forma provocam esse sentimento de inquietude. Mano começou a carreira com trabalho figurativo ao deter-se em nus femininos, depois passou pela abstração gestual até chegar ao mais recente trabalho. Mano Alencar é conhecido também como “O Poeta das Cores” pela forte presença delas impressas em seus quadros.
“Meu trabalho é expressionista abstrato de uma corrente que segue para o radical. Trabalho com paisagem urbana já há algum tempo e nesse trabalho eu retrato temas bem atuais, situações do dia a dia. Minha pintura sempre absorve os fatos e a minha matéria prima é a emoção”, define o artista, mostrando que é possível trazer todo esse sentimento na pintura.
Depois de São Luís a exposição segue para Miami, depois Chile. Na verdade Inquietações não é composta apenas dos 24 trabalhos que estarão em exposição em São Luís. Outras telas de menor porte devem fazer parte do acervo.
“As minhas telas terão para você ter ideia, tamanhos que variam de 2 por 6 metros, outras 1,5 x 4,5, então para você fazer uma exposição abstrata depende do local que vai expor que precisa de um espaço para a pessoa se afastar, apreciar o trabalho e entender o que eu quis passar na tela”, argumenta o artista.
Sobre a vinda para São Luís o artista diz que está muito ansioso. Ele esteve à cidade uma única vez quando o cantor Alceu Valença veio se apresentar alguns anos atrás. “Mas foi muito rápido, não deu pra conhecer. Agora vou conhecer com calma. O meu irmão, Edmar Gonçalves (cantor e compositor) é que sempre esteve por aí, conheci o Gerude por meio dele. Estou feliz em poder ter a oportunidade de mostrar o meu trabalho para vocês”, diz o artista.
Arte 2
O artista
Poeta, compositor, desenhista, escultor e artista plástico autodidata, Mano Alencar nasceu em Juazeiro do Norte, Região do Cariri, em 1959 e desde pequeno diz ter mostrado interesse pelas artes. Começou profissionalmente, ao expor seus quadros no evento Massafeira Livre, no Teatro José de Alencar, em 1979. Mora em Fortaleza desde 1974 e já realizou exposição individual em várias cidades brasileiras e no exterior, em países como Itália, França, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Argentina e Cuba. No ano passado expôs Sol que Brilha bem Dentro de Mim, que marcou os 35 anos de pintura.
Tem quatro livros de poesia publicados: Mistura –Letras e palavras, Pensando pela Boca, Arremesso e Alucinação Urbana. Dois de poesia e dois de prosa poética. Tem na pintura abstrata sua atividade mais constante.
Em comemoração aos 25 anos de carreira ele lançou um livro com várias imagens e depoimentos. Para marcar os 35 anos está sendo viabilizado outro livro com novas imagens, textos e depoimentos sobre a obra do artista.
SERVIÇO
O que? Exposição Inquietações
Quando? Abertura 7 de maio, às 19h
Onde? Galeria Trapiche Santo Ângelo (Centro Histórico)
Quanto? Aberto ao público


visualizações!