Câmara de São Luís aprova cessão de uso para construção de Centro Integrado de Segurança
Tecnologia do Blogger.

Câmara de São Luís aprova cessão de uso para construção de Centro Integrado de Segurança



Em breve a população do município de São Luís irá poder com um prédio que irá abrigar O Centro Integrado de Segurança Pública, sediando os órgãos ligados as áreas municipal de estadual. Para tanto, o plenário da Câmara Municipal aprovou, na manhã desta segunda-feira, (13), o projeto de lei nº 149/16, de autoria do Poder Executivo Municipal, que “autoriza a Prefeitura a firmar termo de concessão de direito real de uso de bem público pelo prazo de 20 (vinte) anos, com o governo do Estado do Maranhão”, determina a matéria.


A urgência da aprovação da proposição foi feita em regime de urgência foi solicitada pelo líder do governo no Legislativo Ludovicense, vereador Pavão Filho (PDT), tendo como voto contrário apenas o do também parlamentar Francisco Chaguinhas (PP), que questionou o pedido da liderança governista.

Pavão Filho explicou que no imóvel em questão funcionou a Secretária Municipal de Saúde, e com a mudança para a nova sede o mesmo sem ficou sem destinação. O mesmo argumento foi corroborado pelo vereador Isaias Pereirinha (PSL), acrescentando que o local serve para a prática de atos de vandalismo e provoca um clima de insegurança para a população e para quem transita pela área.

No futuro Centro Integrado de Segurança, segundo informou Pavão Filho serão sediados diversos setores ligados as Secretarias de Estado e Municipal de Segurança, “além de se tornar um equipamento necessário para o combate a insegurança em nossa cidade, sem contar que o pedido e a aprovação desse projeto se trata de uma parceria que tem esta Câmara Municipal com a prefeitura e com o governo do Estado”.

A matéria foi aprovada por praticamente todos os vereadores presentes no plenário do Legislativo São-luisense, exceto o voto contrário do vereador Francisco Chaguinhas, e por sua vez, o presidente da Casa, vereador Astro de Ogum (PR), fez questão de agradecer os votos de todos os vereadores, destacando que o colega que havia se manifestado contra também irá colaborar com mais essa ação para o bem estar da população e do município.
Texto: Alteré Bernardino
___________________________________________________________       
Espaço de lazer e interação é pauta
encaminhada por Edson Gaguinho
A pedido das comunidades Nice Lobão, Epitácio Cafeteira e Pavão Filho, o vereador Edson Gaguinho esteve na manhã da última sexta-feira reunido com moradores destas áreas. A principal pauta foi a implantação de um espaço público de lazer e interação social, no bairro da Janaína, que atenderá a todas as comunidades acima citadas.
Segundo o parlamentar, essa reivindicação é louvável e possibilitará a integração da comunidade e estimular a prática de atividades de esporte e lazer ao ar livre, de maneira gratuita e nas proximidades de casa. 
"O nosso mandato popular sempre esteve e sempre estará a serviço do nosso povo, e por estar a serviço que fomos procurados por essas comunidades, e de imediato fui ao encontro delas. Estarei entrando com um requerimento na Câmara Municipal de São Luís, solicitando ao prefeito Edivaldo a implantação de uma praça nessa localidade. Tenho certeza de que o executivo municipal irá atender a nossa reivindicação", disse.
 Texto: Davi Max
______________________________ ______________________________ _________
Fátima Araujo e comunidades realizam
audiência pública com a Caema
Moradores dos bairros Vila Lobão, Residencial João Alberto, Pirapora, Santo Antônio e Jardim Conceição participaram de uma audiência pública com o presidente da Companhia de Saneamento Ambiental (Caema), Davi Telles. O evento foi realizado na U.E.B Thomaz de Aquino Andrade, na Vila Lobão, pela vereadora Fátima Araújo (PCdoB) em parceria com o Programa Água Para Todos, do Governo do Estado. A reunião serviu para tarar dos problemas de abastecimento de água nas comunidades.
Durante a audiência, os moradores expuseram os problemas existentes nas localidades para o presidente Davi Teles, que se comprometeu em atender as reivindicações dos moradores. 
Segundo ele, a nova adutora do Sistema Italuís vai trazer uma contribuição de água maior para os bairros e um poço será perfurado, de maneira complementar, em um terreno do Residencial João Alberto.
Para a vereadora a Fátima Araújo, audiência pública é importante para as comunidades, porque traz a elas a oportunidade de expor os problemas existentes para os órgãos competentes. 
“Estou fazendo o meu papel como vereadora em aproximar o Executivo da população. Tenho certeza que os problemas expostos pelos moradores nesta reunião serão solucionados com rapidez pelo órgão competente”, disse Fátima.
Os moradores e líderes das comunidades saíram satisfeitos da audiência, pois tiveram a garantia que o abastecimento de águas será regularizado nos bairros. 
“A reunião trouxe a certeza de que o Governo tem interesse em solucionar a falta de abastecimento das nossas comunidades”, declarou Benedita dos Anjos, moradora do bairro Pirapora.
Texto: Tarcisio Brandão

0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!