Turma do Quinto: um samba para o Akomabu
Tecnologia do Blogger.

Turma do Quinto: um samba para o Akomabu

Escola de samba Turma do Quinto vai homenagear este ano um dos grupos afros de maior expressão no Carnaval maranhense; agremiação intensifica os preparativos para o desfile na passarela
Um dos blocos afros de grande destaque no Carnaval maranhense será homenageado na passarela pela Escola de Samba Turma do Quinto, agremiação fundada no bairro Madre Deus. O enredo é intitulado “O Quinto canta o Akomabu: a cultura não pode morrer”. A homenagem será extensiva ao Centro de Cultura Negra do Maranhão, que completa 30 anos de existência.

Segundo o presidente da escola de samba, Nelson Costa, a agremiação desfilará com 20 alas e 150 componentes na bateria, que começará a intensificar os ensaios a partir da próxima semana. Por enquanto, os ensaios ocorrem nas terças e quintas-feiras, na sede. “Mas a partir da próxima segunda-feira é bem provável que os ensaios sejam realizados quase que diariamente, pois já estamos em fevereiro e o Carnaval está próximo”, disse o presidente.
O samba da Turma do Quinto, de autoria de Luzian Filho e Josias Filho, será interpretado por Gabriel Melônio. O desfile, conforme o presidente, terá uma intensa participação de integrantes do Centro de Cultura Negra do Maranhão. Os trabalhos no barracão e nos ateliês seguem a todo vapor. As fantasias já foram quase todas entregues. O carnavalesco é Washington Coelho.
A agremiação pretende empolgar a arquibancada com a homenagem ao bloco Afro Akomabu, que surgiu como uma proposta educativa para, por meio da criatividade, musicalidade e percussão, sensibilizar a sociedade para a valorização da cultura negra e afro-brasileira. A parceria com a Turma do Quinto é uma salutar troca de saberes como fortes elementos para a divulgação das conquistas da população negra no Maranhão a partir da criação do Centro de Cultura Negra do Maranhão. O Quinto busca a conquista do seu 12º título e conta com a experiência da sua equipe de carnavalescos, como Washington Coelho, Marcos Túlio, Darlan Oliveira e outros abnegados diretores.
Criada no bairro da Madre Deus, considerado com tradição no samba e na cultura popular de São Luís, a escola Turma do Quinto foi fundada em 1940, sendo a terceira escola mais antiga existente em São Luís, logo após Turma de Mangueira (1929) e Flor do Samba (1939). É a escola que detém mais títulos de campeã. Seus enredos quase sempre tratam sobre a cultura maranhense, sejam personagens marcantes ou ainda blocos ou elementos expressivos na cultura do Maranhão. Um dos desfiles mais marcantes foi o de 1981, sobre a Praia Grande.


0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!