Pré-Carnaval já toma conta de São Luís
Tecnologia do Blogger.

Pré-Carnaval já toma conta de São Luís

Foliões movimentaram as ruas da Madre Deus ontem

Nas ruas da Madre Deus, a animação do bloco C. de Asa fez cortejo que movimentou a tarde de domingo em mais um aquecimento para a folia.

O bairro Madre Deus, reduto da boemia e folia, em São Luís, teve mas um fim de semana de pré-carnaval com mais um arrastão do bloco C. de Asa. Ontem, o bloco fez uma homenagem a Seu Veloso, uma das personalidades e músicos do bairro falecido em 2016. O bloco saiu do Morro do Querosene e seguiu por diversas ruas do bairro. Até a chegada do período oficial da Folia de Momo, o C. de Asa fará seu arrastão em todos os domingos do pré-carnaval.

Com 20 anos de Carnaval, o C. de Asa é um dos mais tradicionais blocos do Carnaval de Rua de São Luís. É ele quem dá a largada para a Folia de Momo todos os anos. O primeiro arrastão promovido pelo bloco é na tarde do Dia de Natal, 25 de dezembro. A concentração do bloco começa sempre por volta das 12h, mas é a partir das 16h que os brincantes saem cantando e dançando velhas marchinhas de carnaval.
O C. de Asa é reconhecido como a primeira manifestação carnavalesca de São Luís, a iniciar o cortejo da folia. Todo dia 25 de dezembro os foliões saem à rua, preparando-se para a chegada do Carnaval. “Nós somos o bloco que saímos primeiro e nos recolhemos por último. É uma festa que reúne famílias, moradores antigos e muita gente que vem de outros bairros só para saudar o bloco”, afirmou Goreth Costa, presidente do bloco.
O bloco surgiu como uma forma de reunir amigos, artistas e percussionistas do bairro em uma brincadeira carnavalesca, assim eles escolheram um nome irreverente e saíram. Logo, a festa chamou atenção dos moradores e hoje é uma das brincadeiras mais representativas do bairro. Este ano eles completam 18 anos de folia. Com a maioridade, os foliões prometem ainda mais alegria no Carnaval. “Com 18 anos já pode tudo, então vamos brincar ainda mais, mas com responsabilidade”, brincou o folião Arnaldo Martins.
E atento aos acontecimentos que repercutem no Brasil e no mundo, este ano o bloco presta uma homenagem à Chapecoense. O bloco, que não tem um número de integrantes fixos, aumenta a cada ano, e basta chegar para já fazer parte da folia. Até os músicos vão se juntando ao grupo à proporção que o C. de Asa vai passando pelas ruas. A organização do bloco estima que nesse primeiro dia de “arrastão” participaram do cortejo aproximadamente mil pessoas. O bloco sai às ruas, com concentração sempre ao meio-dia, na Rua Lúcio de Mendonça, próximo ao Ponto de Fuga, no Largo do Caroçudo, na Madre Deus, todos os domingos do pré-carnaval.


1 comentários:

João Luiz Pereira Tavares disse...

Bom…,

Portanto, visto que agorinha chegou o amanhecer do 1º domingo de 2017, vamos vestir-nos, tomarmos o café da manhã — de preferência um capuccino –, e vamos trabalhar no PC para ter dias melhores, tendo sempre o capacete e a espada à mão.

Os nossos inimigos já sabemos! São a picaretagem, a baranguice, a cafonice, o Kitsch, a breguice e a mentira publicitária de Mídias Sociais do Petismo.

Embora, por outro lado, já tenham sido privados daquela imagem ilusória de invencibilidade que tinha sido criada por João Santana, e feito tanta gente tornar-se isentona e alienada, postando coisinhas infantis e oba-oba em sítios como o G+ e Facebook. E, daí, esquecendo totalmente de falar mal do PT.

Todos esses bregas e essas bregas, que são categoricamente a favor das forças financeiras das trevas, vão continuar passivas e isentonas em 2017! Como se nem o ano 2016 tivesse acabado e passado. Afinal, sabemos, petistas têm Natal e reveillon ruins e antiquados. O ano 2016 foi o da vitória. Esses asseclas do Petismo [e seus satélites] estão longe de ser derrotados. A baranguice é tal qual ERVA DANINHA, cresce a minuto. Portanto fiquem de OlhOs bem abertos!

MAS, MESMO ASSIM, SERÁ UMA NOITE NÃO SOTURNA E SIM SOLAR E ALEGRE!

O que queremos dizer é que a luta continua. Mas será uma luta mais alegre e mais solar, porque vemos divisões e dúvida no coração do inimigo, e vemos as primeiras luzes do sol, depois de uma longa noite de 13 anos de toda espécie de baranguice.

¿Por quê? ¿Por que dizemos que será uma luta mais alegre?

Porque afinal a analfabeta política, de 50 milhões de votos, foi dado-lhe um ponta-pé na traseira pensante que ela leva sobre o pescoço, naquele glorioso ano de 2016.

Por mais que possa parecer estranho e paradoxal, se milhões de brasileiros encontrarem mais coragem para se opor à máquina infernal que os aprisiona, a encontrarão também os milhões de cidadãos estadunidenses, que têm demonstrado que não querem mais ser soldadinhos de chumbo dispensáveis ou vacas leiteiras. Claro que estou a falar de gente pensante, e não de bregas, nem de universitárias de unidades decadentes do interior brasileiro e muito menos estou a debater a respeito de i-sen-to-nas.

E, por mais estranho que pareça, mudando um pouco de assunto, um engraçado irlandês meio alemão que construiu um império hoteleiro, poderá, agora, jogar suas cartas no grande jogo. Digo lá nos Estados Unidos da América (país esse que nos permite estar escrevendo nesse Newsletter nesse exato momento, o inventor da Internet).

Não sabendo para que lado ele vai jogar exatamente, mas tendo em vista aqueles que tudo fizeram para impedir sua eleição, desejamos, desportivamente, poder apreciar a sua devida revanche! Dia 20 é a posse. Corajoso, que fala o que pensa, sem picaretagem fingida. Sem o fingimento do politicamente-hipócrita-correto.

Postar um comentário

visualizações!