GISA FRANCO : Nossa gente – todos no mesmo pódio (*)
Tecnologia do Blogger.

GISA FRANCO : Nossa gente – todos no mesmo pódio (*)



(*) Jornalista Oliveira Ramos 


Gisa Franco iniciou no rádio maranhense na década de 80, quando nos permitiu ouvir pela primeira vez, via dial, a sua incomparável voz. Não há (acreditem) muita distância entre as vozes de Íris Lettieri e Gisa Franco. Por anos, enriqueceu o cast da Rádio Universidade FM e agora dá qualidade à Rádio Timbira do Maranhão.


O prazer é algo que conquistamos e sentimos – por paladar e estado psicológico em êxtase espiritual. Forçando a barra, ninguém atinge o prazer – apenas engana a si próprio.


Uma boa porção de mousse de maracujá ou de limão complementado por quantos goles necessários de água gelada, são também, dependendo da psique pessoal, um caminho para alcançar o prazer. Mas, esse é outro assunto para a hora do almoço e em família.



Viajar e olhar o verde e o belo ou os campos floridos de ipês de quaisquer cor, de flamboyants na vermelhidão das suas copas largas primaveris, não é prazer que se despreze. Limpa a vida e perfuma a alma e o ego. Só quem já fiz isso terá sentimento par sentir. Viajar por terra. Conhecer o desconhecido para fazer dele, um por um, uma nova descoberta. 


Para mim, não era diferente o prazer de caminhar nos lugares ainda desconhecidos e, melhor ainda, quando esses faziam parte de uma rotina. Era assim, por exemplo, caminhar pelo solo e pelos arredores do MAM (Museu de Arte Moderna) no Rio de Janeiro, alcançar o Aeroporto Santos Dumont e sua área doméstica de embarque.


Mas, o bom mesmo, o suave que dava prazer era escutar a voz mágica de Íris Lettieri anunciando arrivals e departures. Era tão bom e prazeroso quanto embarcar e/ou viajar. 


Por anos seguidos o hábito se repetiu. O prazer era ouvir a voz. A voz da vida que anunciava a alegria da chegada ou a saudade da partida. 


Depois a vida nos mostrou Heron Domingues, Luiz Jatobá, Cid Moreira e, já no Maranhão, Rayol Filho e Alberto Farias. Tudo, voz que nos dava prazer em ouvir.


E, por falar em voz, é nessa qualidade inerente ao ser humano, que fomos buscar a pessoa que vai figurar como vigésima nova edição da série “Nossa gente – todos no mesmo pódio”. Falamos de GISELE MARIA FRANCO GOIABEIRA, ou para nós, ouvintes de rádio, de músicas e boas vozes, simplesmente GISA FRANCO.


Nascida em São Luís a 12 de maio de.... (não vou escrever, pois é particularidade feminina que deve ser respeitada), Radialista com formação universitária pela UFMA (Universidade Federal do Maranhão), depois de passagem de aprendizagem no Colégio Batista Daniel de La Touche durante o ensino médio.


Gisa Franco iniciou no rádio maranhense na década de 80, quando nos permitiu ouvir pela primeira vez, via dial, a sua incomparável voz. Não há (acreditem) muita distância entre as vozes de Íris Lettieri e Gisa Franco. Por anos, enriqueceu o cast da Rádio Universidade FM e agora dá qualidade à Rádio Timbira do Maranhão.


Mãe de dois filhos. Uma mulher muito bonita, de atitudes ímpares e valores politicamente corretos. É, hoje, destaque na radiofonia maranhense

0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!