Teatro Arthur Azevedo terá espaço exclusivo para clube do choro durante a 10ª Semana Maranhense de Dança
Tecnologia do Blogger.

Teatro Arthur Azevedo terá espaço exclusivo para clube do choro durante a 10ª Semana Maranhense de Dança

Quatro grupos de Choro de São Luís participam da 10ª Semana Maranhense de Dança, que acontece de 5 a 11 de setembro em São Luís, promovida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Sectur) e Teatro Arthur Azevedo (TAA). Os grupos vão se apresentar no pátio lateral do Teatro, ao lado da bilheteria, próximo ao bar, nesta terça-feira (6), quarta-feira (7) e sexta-feira (9) a partir das 17h, e no sábado (10), às 15h.


O espaço funcionará durante o período da programação da Semana de Dança como Espaço do Clube do Choro, tendo a participação do Regional Tira-Teima, Instrumental Pixinguinha, Quinteto Samba Choro e Núcleo de Choro da Escola de Música do Maranhão.

O convite partiu do Teatro Arthur Azevedo e o Clube do Choro aceitou a parceria para participar da programação da 10ª Semana Maranhense de Dança. “A proposta tem por objetivo difundir o gênero musical mais brasileiro e divulgar o trabalho que vem sendo realizado pelo Clube do Choro do Maranhão, com ações de difusão cultural na realização de saraus musicais em espaços públicos da cidade”, informa Celso Brandão, diretor do TAA.

O lançamento será realizado nesta terça feira (6), às 17h, quando acontece a apresentação do Regional Teima, grupo de choro mais antigo em atividade em São Luís e que está em vias de lançar seu primeiro CD. O grupo é formado pelos músicos Paulo Trabulsi (cavaquinho solo), Francisco Solano e Luiz Júnior (violão 7 cordas), Serra de Almeida (flauta) e Zé Carlos (percussão) com a participação do bandolinista Wendell Salles.

A programação segue nesta quarta-feira (7) com o Instrumental Pixinguinha, tradicional grupo de choro de São Luís, formado por professores da Escola de Música do Estado do Maranhão Lilah Lisboa de Araújo, com os músicos Juca do Cavaco (caquinho centro e solo), Raimundo Luís (bandolim) e João Neto (flauta).

Na sexta feira (9), a atração será o Quinteto Samba Choro, formado por Zeca do Cavaco (cavaquinho centro e vocal), Gabriela Flor (percussão) e Francisco Neis (violão 6 cordas) com a participação de Paulo Trabulsi (cavaquinho solo) e Francisco Solano (violão 7 cordas).

Para encerrar, no sábado (10), às 15h a programação apresenta o Núcleo de Choro da Escola de Música do Maranhão, formado por alunos da EMEM que apresentarão clássicos do choro, num passeio musical de obras ensaiadas pelos alunos.

Para o presidente do Clube do Choro, Paulo Trabulsi, a ideia é apresentar aos participantes da Semana de Dança o ritmo que é genuinamente brasileiro, para que coreógrafos e dançarinos também possam se inspirar no gênero para suas performances. Ele explica ainda que a proposta do Clube do Choro é levar os saraus musicais a outros lugares da cidade para formação de plateia e difusão do gênero.

O professor Nonatinho diz que iniciativas como essa valorizam a música instrumental ao garantirem espaços para as apresentações. “Temos muitos talentos e percebemos isso no dia a dia da Escola de Música. Eles são o futuro, sendo fundamental a criação de espaços para as apresentações desse gênero musical para que o choro possa ganhar mais espaço na cidade”, afirma.

O Clube do Choro do Maranhão é uma entidade que reúne músicos e admiradores desse gênero musical, surgido no final do século XIX, início do século XX, desenvolvendo uma série de atividades socioeducativas e culturais para formação de plateia e difusão do gênero genuinamente brasileiro, que está em vias de se tornar Patrimônio Imaterial Brasileiro. O Clube reúne músicos e admiradores do gênero e atua para o fortalecimento dos grupos musicais formados ou em formação. As atividades têm o apoio do Núcleo de Choro da Escola de Música do Maranhão.

Grupos Participantes

REGIONAL TIRA-TEIMA

O mais antigo grupo de choro em atividade em São Luís, a caminho dos seus 45 anos de atividade na área musical. Atualmente é formado por Paulo Trabulsi (cavaquinho solo), Francisco Solano e Luiz Júnior (violão 7 cordas), Serra de Almeida (flauta) e Zé Carlos (percussão). Prestes a lançar seu primeiro CD, intitulado Gente do Choro, o grupo tem se dedicado a ensaios para o show de lançamento que acontecerá ainda neste ano de 2016.

INSTRUMENTAL PIXINGUINHA

O Instrumental Pixinguinha, um dos mais tradicionais grupos de choro de São Luís, é formado por professores da Escola de Música do Estado do Maranhão Lilah Lisboa de Araújo. Conta com as presenças de Juca do Cavaco (caquinho centro e solo), Raimundo Luís (bandolim) e João Neto (flauta)

QUINTETO SAMBA CHORO

Criado em 2016, o grupo é formado por Zeca do Cavaco (cavaquinho centro e vocal), Gabriela Flor (percussão) e Francisco Neis (violão 6 cordas) com a participação de Paulo Trabulsi (cavaquinho solo) e Francisco Solano (violão 7 cordas). O grupo envereda pelo samba de raiz e pelo choro, fazendo um passeio musical com as obras dos grandes compositores dos gêneros.

NÚCLEO DE CHORO DA ESCOLA DE MÚSICA

O Núcleo de Choro da Escola de Música é coordenado pelos professores Nonatinho, Raimundo Luiz e José Alves. Surgiu em dezembro de 2014, tem atuado para a formação de músicos que se dedicam ao gênero choro e para incentivar a formação de novos grupos musicais.

0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!