O Signo das Tetas estreia nacionalmente nesta 5ª
Tecnologia do Blogger.

O Signo das Tetas estreia nacionalmente nesta 5ª


fred640

Filme “O Signo das Tetas” de Frederico Machado estreia nos cinemas de São Luís, Rio de Janeiro e Vitória hoje; na capital maranhense a produção será exibida no Cine Lume e Cinépolis; no enredo, um homem parte em busca de detalhes sobre seu passado.
“O Signo das Tetas”, segundo longa-metragem do cineasta Frederico Machado terá estreia nacional hoje. Em São Luís, as exibições ocorrem em dois cinemas. No Cinépolis (São Luís Shopping), a produção ocupará duas salas em sessões às 15h e às 17h15; e no Cine Lume (Renascença), às 15h e 19h. Além da capital maranhense a produção será lançada hoje também no Rio de Janeiro e em Vitória (ES). Em Brasília, será dia 20 e, no dia seguinte, as estreias serão em São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte, Salvador e Fortaleza. Mês que vem será a vez de Belém, Recife, João Pessoa e Goiânia receber o filme.

Segundo o cineasta, na terça-feira, dia 19, às 19h, no Cine Lume, haverá um debate e bate-papo com atores do filme. O cineasta explica que, devido a compromissos profissionais – ele começa a rodar hoje o longa-metragem “O tempo envelhece depressa” - achou melhor realizar o encontro entre elenco e público na semana que vem. “E também a falta física de Nauro Machado, que é uma das principais pessoas a quem se deveu a realização do filme. Conversando com os outros envolvidos, preferimos não fazer esse lançamento ‘oficial’. Esperamos que as pessoas assistam ao filme nesse fim de semana. Necessitamos de um grande público para mantê-lo em cartaz durante certo tempo nos cinemas. É uma força para a cultura maranhense, para o cinema e para o poeta Nauro Machado”, frisa o cineasta que é filho do poeta.O longa-metragem é parte da “Trilogia Dantesca” ou “Trilogia da
Existência”, baseada na obra de Nauro Machado. Assim como “O Exercício do Caos”, lançado em 2013 e “As Órbitas da Água”, que tem previsão de lançamento para o ano que vem, “O Signo das Tetas” leva o nome de livro do poeta Nauro Machado, falecido ano passado.

0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!