Álbum exibe a tradicionalidade dos blocos de São Luís e a veemência de suas expressões
Tecnologia do Blogger.

Álbum exibe a tradicionalidade dos blocos de São Luís e a veemência de suas expressões


Por Nelson Melo - JP TURISMO - 18.03.16



O desfile dos blocos tradicionais da capital maranhense saiu da passarela do samba e agora está registrado em um álbum produzido pelo fotógrafo ludovicense Paulo Roberto Pinheiro Pereira, de 48 anos, conhecido no meio artístico como Paulo Caruá. Com 38 páginas, o trabalho do profissional valorizou as expressões e movimento das pessoas, os detalhes das manifestações culturais, a fim de mostrar a riqueza do nosso carnaval.

Em entrevista concedida ao JP Turismo, Paulo Caruá contou que a iniciativa surgiu após um colega dele, de nome Albanir, que também trabalha com fotografias, ter sugerido que ele não deixasse as fotos tiradas dos desfiles dos blocos guardadas em um arquivo, pois tinham que ser mostradas ao público, à sociedade, à própria cultura popular do nosso Estado, com suas riquezas e diversidade. Em seguida, o fotógrafo abraçou a ideia e conversou com o presidente da Associação dos Blocos Tradicionais, o Brasa Santana.


Conforme prosseguiu, Brasa Santana demonstrou empolgação com o projeto, que registraria a marcha dos grupos carnavalescos na passarela do samba. O álbum, então, começou a ser produzido, mas somente o referente aos Blocos Tradicionais do Grupo A está pronto, pois o do Bloco B está sendo finalizado, a partir dos cliques de Paulo Caruá, detentor de um talento incrível e que confessou adorar a cultura popular, sendo sua especialidade neste ramo da fotografia. Os trabalhos mostram um cenário espetacular, com crianças, mulheres, homens, idosos, negros, brancos, pardos e mulatos se apresentando, encantando as pessoas que foram prestigiar o desfile do último carnaval, na Passarela do Anel Viário, construída todos os anos para a passagem dos grupos.


Segundo assinalou, foram três dias fotografando, com zelo, dedicação e profissionalismo, das 19h às 4h, sendo que de 400 fotos teve de selecionar 100. Depois do registro, deu-se continuidade ao projeto, que passou por quatro profissionais, como Paulo descreveu. Dentre essas etapas, houve a diagramação, feita por Flávio, que montou as fotografias e idealizou a capa do álbum. Na sequência, levaram-nas ao laboratório, para que a outra fase pudesse ser finalizada, laminando as fotos.

O álbum - Na entrevista, Paulo Roberto frisou que o álbum - que teve um custo em torno de R$ 1.500,00, e, em nenhum momento, foi levado à gráfica, devido à demanda - tem fotos nos formatos 30/30 e 30/60, com 38 laudas, todas em papel fotográfico e laminadas, sendo que a capa foi feita em papel couché. Ele fez questão de ressaltar que o trabalho será adquirido pela Associação dos Blocos Tradicionais, que vai comprar dois álbuns, que serão vendidos, em forma unitária, por aproximadamente R$ 3.000,00. A Secretaria de Estado da Cultura e Turismo também se interessou em obtê-los, como pontuou Caruá.


Esse registro do desfile poderá se transformar em um livro, de acordo com o fotógrafo, que comentou, ainda, que pretende fazer uma exposição, provavelmente, no Dia Nacional dos Blocos Tradicionais. Convém ressaltar que o projeto é independente, pois não teve patrocínio ou ajuda de custo de nenhuma instituição, órgão ou empresa, sendo todo o custo do próprio Paulo Caruá. Este disse que pretendia registrar a cultura dos blocos tradicionais, do carnaval de passarela, de alegria, de todos, com fotos expressivas.


Biografia de Caruá: Paulo nasceu em 1968, na Vila Bessa, nas proximidades da Madre Deus, região central de São Luís. Trabalha como fotógrafo há 16 anos, quando ganhou de presente uma máquina modelo Pentax de sua mãe, Felizarda Félix Pinheiro, a 'dona' Filoca. Casado há 15 anos com Geísa Maira Mendes, tem um filho de 7 desta relação. Apaixonado pelas manifestações folclóricas e culturais, ele já realizou a exposição "Expressão da Cultura Maranhense", que foi exibida na Casa do Maranhão. "A imagem é o momento único, que fica marcado pelo olhar clínico do profissional", finalizou o entrevistado, que deverá entregar hoje outro álbum, para a escola de samba Turma de Mangueira. 

0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!