Luzian Filho e Josias: dois compositores vitoriosos
Tecnologia do Blogger.

Luzian Filho e Josias: dois compositores vitoriosos


Poetas do samba são mais uma vez destaques do carnaval
Compositores ganharam com sambas nas agremiações carnavalescas campeãs de 2016: Favela, Os Apaixonados e Os Dragões da Madre Deus

Patrícia Cunha – O Imparcial

Os dois tem o mesmo sobrenome artístico. Os dois tem samba correndo nas veias e alma de compositor. Os dois são campeões do carnaval 2016. Luzian Filho e Josias Filho são parceiros musicais, mas também da vida. Um encontro que deu certo e que perdura há quase 10 anos. Um encontro de vida.


“Costumo dizer só podemos ter nos encontrado em outras vidas, porque desde o início a parceria deu e tem dado muito certo”, comenta Josias Filho, 51 anos.

A diferença de idade entre os dois é de 20 anos. Luzian Filho, com 30 anos, conta que sempre gostou de escrever, mas lembra que o que realmente mudou tudo na vida dele foi o encontro com Josias. “O meu tio Laurindo, que fazia parte do grupo Sem Dimensão, me apresentou para o Josias, que também integrava o grupo. A partir daí ele tem sido meu grande parceiro, assinando 99% das composições”, conta Luzian.

A dupla é implacável e não atua somente no carnaval compondo para escolas, blocos organizados e tradicionais, mas também no São João para grupos de bumba-meu-boi. Sobre o carnaval que acabou de acontecer, eu pergunto pra eles como foi. A resposta é única: “sensacional”.

Dá para perceber. Luzian e Josias assinaram sambas de várias agremiações carnavalescas para o carnaval deste ano e consagraram-se campeões pela Escola Favela do Samba (Se não chover? ... Se a fonte do Rio não brotar? ... E se o Mar secar? ... O que de nós será?), pelo Bloco Tradicional Os Apaixonados (Do ser ao renascer: o voo da eternidade) e pelo Bloco Organizado Os Dragões da Madre Deus (homenagem ao brincante Nonato Silva).
Sendo que eles são bicampeões com o Bloco Os Apaixonados (Homem de Lata) e com a Favela do Samba (Os quatros elementos formadores do Universo: Terra, Água, Fogo e Ar. Favela do Samba é Pura Energia), ambos ganhadores do carnaval de 2015.

Josias e Luzian vem colecionando várias vitórias desde que se tornaram parceiros. Ganharam cinco concursos seguidos de samba enredo na Favela do Samba e conseguiram ser tetra campeões com a escola; sagraram-se campeões uma vez na Flor do samba e uma vez na Turma do Quinto com o enredo sobre Bita do Barão. Luzian ressalta que Josias Filho assina 99% das composições.

E uma particularidade, em 2011 foram para avenida dois sambas deles: um pela Favela do Samba (O Boi é Festa), falando sobre o bumba-meu-boi e outro pela Flor do Samba (Missão Cumprida, nasce mais uma estrela Djalma Campos). “E naquele ano a Favela foi campeã e a Flor foi vice. Então ganhamos os dois primeiros lugares, sendo que o enredo para a Flor já tinha sido feito em 2009, mas o samba só foi pra rua em 2011”, assegura Luzian.

O segredo para essa parceria de sucesso? Não tem, segundo eles. “Não tem fórmula. Josias é percussionista e eu chego com o cavaquinho e a gente monta melodia e poesia e sai a música”, diz Luzian. Mas dá para perceber o respeito e o carinho que um tem pelo outro e que podem ser traduzidos em uma canção que Josias fez falando da parceria e amizade, enquanto aguardava o amigo chegar.

Nossa Parceria
Autor: Josias Filho

Alô meu garoto responda se tiver ai
Alô meu grande garoto, responda...
Melodicamente falando.
De um alô para mim!!!
Assim essa parceria nunca vai ter fim
Uma lembrança, uma saudade,
Um recado para alguém
Uma briga, uma amizade,
Ou encontro de alguém
Uma esperança, uma desculpa
Traduzida em poesia
É o que seu amigo
Manda para ti...
Faça o favor de responder
Sola o cavaco para mim
Responda por que um bom samba
Acabou de “sair”

No berço do samba
Luzian e Josias pareciam predestinados a se encontrar. Ambos nascidos no berço do samba, com várias influências familiares, não havia como não se estabelecerem no ritmo mais brasileiro de todos: o samba.
Músico, cantor e compositor, Luzian nasceu numa madrugada do carnaval de 1986, no compasso da batucada tradicional da Turma do Quinto, na Santa Casa (Rua do Passeio).
Tem suas origens na cultura popular, tendo suas primeiras referências artísticas em sua própria casa com seus pais, os quais eram ferrenhos militantes da nobre arte. Sua mãe, ludovicense, envolvida diretamente com as manifestações culturais, destacando-se o Boizinho Barrica, brincadeira que dançava, e o pai, filho da região do Munim (terra do Bumba Meu Boi Sotaque de Orquestra e do Lelê), sempre semearam o fruto da arte em sua alma desde menino. Luzian também é brincante do Bumba Meu Boi da Mocidade de Rosário desde os cinco anos de idade e hoje é músico, produtor, cantor e compositor do Boi.

No carnaval foi músico cavaquinista dos Blocos Tradicionais, Os Reis da Liberdade, Os Guardiões, Os Feras, Os Vampiros e Os Apaixonados. Como compositor, desde 2008 tem contribuído com blocos e escolas, como: os Blocos Tradicionais Fênix, Os Feras, Os Brasinhas, Os Foliões, Os Fanáticos, Os Vampiros, Pierrot e Os Apaixonados. Entre as Escolas compôs para a Flor do Samba, Túnel do Sacavem, Turma do Quinto e Favela do Samba. Não esquecendo os blocos organizados Caroçudos, Dragões da Madre Deus, Mocidade de Fátima, blocos tradicionais Os Vampiros, Os Apaixonados.

Além da cultura popular, o mesmo milita apaixonadamente por todo o gênero samba, tendo sido músico, cantor e compositor do Grupo Arroz de Cuxá, Zabumbaça e atualmente no Grupo Feijoada Completa.

Josias integrou o grupo de pagode Sem Dimensão. Compositor de mão cheia, celebra o encontro com Luzian. “Acho que já tivemos alguma ligação antes. É muita coincidência. Eu o conheci ele ainda garoto e acredito que ele seja a minha continuidade. É como se tivesse deixando um legado”, afirma Josias.

Josias que vem de uma família de sambistas compunha para o Bloco Organizado Sem Comentários quando tinha apenas 16 anos, daí então, não parou mais. Com este carnaval, e o sucesso que as composições deles fizeram, acredita que poderiam ter um pouco mais de reconhecimento. “Como isso que você está fazendo agora, escrevendo sobre a gente. Isso é muito importante para dar valor ao que a gente faz pela música, pelo samba”, agradece.
hu




0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!