Sessão para homenagear administradores é proposta pelo vereador Ricardo Diniz
Tecnologia do Blogger.

Sessão para homenagear administradores é proposta pelo vereador Ricardo Diniz




Na próxima segunda-feira, dia 24 de agosto às 12h, na Câmara Municipal de São Luís, o vereador Ricardo Diniz realizará uma sessão solene para entrega de placas para homenagear os órgãos que representam os profissionais de Administração.

Ricardo Diniz, que também é administrador, e autor do Projeto de Lei nº 027/2015 que institui 2015 como o Ano do Administrador no Município de São Luís, elaborou esta data como forma de prestigiar os profissionais da área pela relevância no âmbito social. Tem como finalidade informar a sociedade, de modo geral, sobre a celebração do Jubileu de Ouro da Administração, quando se comemoram os 50 anos de regulamentação da profissão do Brasil.


Na oportunidade serão homenageados a Associação dos Estudantes e Graduados em Administração – AMEGA, o Conselho Regional de Administração no Maranhão – CRA/MA, o Sindicato dos Administradores do Maranhão – SINADMA, e o Conselho Federal de Administração – CRF.

Nos últimos 50 anos, a profissão de administrador cresceu e, com certeza, sua regulamentação, percebendo isso gradativamente com a abertura de cursos superiores e a formação de profissionais capacitados.

Segundo o vereador, a alusão a esta data traz ainda uma reflexão sobre o papel do administrador na sociedade, levantando diversos questionamentos sobre contribuição da profissão para o crescimento e desenvolvimento econômico do nosso país.
“É imprescindível que o poder público reconheça a importância dessa classe profissional e preste a devida valorização aos administradores, que nos últimos 50 anos se dedicaram e superaram desafios, construindo uma história de sucesso ao longo do tempo”, finalizou o vereador.

Texto: Denise Araújo

Vereador constata paralisação de
obras na área do Mercado Central

As obras de infraestrutura da Prefeitura de São Luís na galeria onde escorre o esgoto na área conhecida como Oscar Frota, em alusão ao comerciante do mesmo nome ali estabelecido, foram vistoriadas na quinta-feira, 20, pelo vereador Fábio Câmara (PMDB), a pedido de moradores da região.
O objetivo da visita foi verificar o andamento das obras para posteriormente definir uma linha de atuação frente à Subprefeitura do Centro Histórico, órgão responsável pela execução dos serviços na área.
Os comerciantes do local afirmaram ao parlamentar que a desocupação da área da galeria, onde outrora foi o igarapé do Portinho, por onde navegavam embarcações oriundas da Baixada maranhense, trouxe grandes prejuízos.
Segundo eles, a prefeitura fez a retirada do Bar São Sebastião, que ali se instalou há 40 anos, alegando que iria construir uma rua sobre a galeria com placas de concreto, mas, de acordo com os relatos, já se passaram cinco meses e a obra continua parada sem serviço. 
“Fecharam o Bar São Sebastião para passar uma rua, com isso, os frequentadores do ambiente se afastaram. Com a redução dos clientes diminuindo a renda, aumentando a preocupação”, disse o comerciante Edidalizio Lemos Dutra, de 38 anos. 
Para a dona de casa Josilene dos Santos, de 46 anos, a obra não vai mudar muito a situação dos alagamentos na região, pois a galeria não será desobstruída o suficiente, visto que dois grandes empreendimentos comerciais avançaram e tomaram parte da galeria.
“Porque não derrubaram parte destes grandes comércios construídos sobre a galeria?”, indagou afirmando ainda que com a retirada do Bar São Sebastião a área da galeria virou rota de fuga para os assaltantes que agem na praça e nas ruas adjacentes e que por ali escapam da polícia. 
Após constatar o problema no local, Fábio Câmara afirmou que irá apresentar um requerimento solicitando informações à Prefeitura, questionando quem é o responsável pela finalização dos trabalhos no local e os motivos pelos quais o serviço ainda não ter sido concluído.
“Precisamos de um posicionamento oficial sobre essa obra. O subprefeito do Centro Histórico, Fábio Henrique Farias Carvalho, um dos responsáveis pelo serviço, esteve aqui em março e fez uma promessa de que a revitalização da área iria ser concluída em 90 dias. Os meses se passaram e até agora nenhum da promessa foi cumprida. Vou apresentar um requerimento na Câmara pedindo informações sobre a paralisação das obras”, garantiu o parlamentar.

0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!