Longa metragem “Sem Pena” e curta “O Nome do Dia” vencem 38º Festival Guarnicê de Cinema
Tecnologia do Blogger.

Longa metragem “Sem Pena” e curta “O Nome do Dia” vencem 38º Festival Guarnicê de Cinema


O documentário “Sem Pena”, dirigido por Eugênio Puppo (SP) foi eleito o melhor filme longa metragem nacional do 38º Festival Guarnicê de Cinema, conquistando o Troféu Guarnicê de Cinema e a premiação no valor de R$ 20 mil reais. Também paulista, o diretor Marcello Quintella E Boynard conquistou com a ficção “O Nome do Dia” o Troféu Guarnicê de Cinema para o Melhor Curta Nacional e a premiação de R$ 10 mil reais. Mais de seis mil pessoas prestigiaram o festival.

Melhor curta maranhense, eleito pelo júri técnico, o filme de ficção “Chiaroscuro”, de Daniel Drumond, ganhou Troféu Guarnicê de Cinema e a premiação no valor de R$ 5 mil reais. O Júri Popular, formado pelo público presente às sessões competitivas de curta metragem, escolheu como melhor curta maranhense, o documentário “O Mistério das Tulhas”, de Ananda Cardoso, Christian Caselli, Diego Uchôa, Helen Maria, Lua Ferreira, Leonardo Sá, Marcos Frazão e Melody Fisher.


O Melhor Curta Nacional, na opinião do júri popular foi a obra de ficção “Do Meu Lado”, do carioca Tarcísio Lara Puiati. A lista completa dos vencedores do Guarnicê 2015 pode ser acessada no site:http://www.cultura.ufma.br/38guarnice/index.php/premiados-do-38-guarnice. Com apresentação do Ministério da Cultura, Governo do Estado, Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e Petrobras, o 38º Guarnicê foi patrocinado pelo Banco do Nordeste e Petrobras e teve apoio da Prefeitura de São Luís, Atuante Móveis Planejados, Rock Filmes, Aprocima, Universidade FM e TV UFMA.

A realização foi do Departamento de Assuntos Culturais (DAC) da Proex/UFMA e Fundação Sousândrade de Apoio à UFMA. A cerimônia de encerramento foi presidida pelo diretor do DAC e coordenador geral do festival, Professor Mestre, Gersino dos Santos Martins, o gerente de relacionamento externo da Petrobras, Rogério Ferreira da Silva; o Gerente do Banco do Nordeste, Danilo Firmino; a secretaria adjunta da Lei de Incentivo à Cultura, Carolina Lima Veloso; a Pró-Reitora de Extensão da UFMA, Professora Doutora Marize Barros Rocha Aranha e o Reitor da UFMA, Professor Doutor Natalino Salgado Filho.



Homenageado nacional do Festival, o diretor e produtor Zelito Viana, acompanhado de sua esposa, a também produtora, Vera de Paula, recebeu o Troféu Guarnicê de Cinema, entregue pelo Reitor da UFMA. Por sua vez, Viana entregou Troféu Guarnicê, concedidos pelo júri técnico, a Rafaelle Petrini, Arturo Sabóia e Ione Coelho, curadores dos filmes da competitiva de longas.

“A 38ª edição do Festival Guarnicê de Cinema exibiu mais de 120 filmes de todo o país, em 13 mostras, dentre elas, cinco dedicadas a públicos específicos. Foram qualificados cerca de 140 alunos nas seis oficinas disponibilizadas”, afirma o Professor Gersino dos Santos. A equipe de produção, coordenadores, técnicos, monitores e pessoal de apoio, trabalhou para que esta fosse a melhor e mais completa edição do Guarnicê.
Confira a Lista Completa da Premiação Oficial:

CONCURSO OFICIAL DE FILMES CURTA METRAGEM
 
O Júri Técnico do Concurso Oficial de Filmes Curta Metragem, formado por José Viana de Oliveira Paula (RJ) – Presidente; Vera Maria Pereira de Paula (RJ); Hermano de Figueiredo Mendes (AL); Guilherme Tristão Rocha (RJ) e Márcio Sallem (MA) concedeu a seguinte premiação:
TROFÉU GUARNICÊ DE CINEMA PARA:
Melhor Direção: Marcelo Quintella e Boynard pelo filme “O nome do dia”, ficção – (RJ).
Melhor Roteiro: Pedro Coutinho pelo filme “O Jogo”, de Pedro Coutinho, ficção – (SP).
Melhor Direção de Fotografia: Tiago Scorza pelo filme “O nome do dia”, de Marcelo Quintella e Boynard , ficção - (SP).
Melhor Montagem/Edição: Giovanna Giovanini pelo filme “Paissandu”, de Christian e Jafas, documentário – (RJ)
Melhor Trilha Sonora: Cândida Tinoco pelo filme “ O nome do dia” de Marcelo Quintella e Boynard , ficção – (SP).
Melhor Direção de Arte: Guga Feijó pelo filme “Do meu lado”, Tarcísio Lara Puiati
Melhor Ator: Carlos Takeshi, pelo filme “O nome do dia” de Marcelo Quintella e Boynard, ficção (SP)
Melhor Atriz: Gabriela Cerqueira, pelo filme “O Jogo”, de Pedro Coutinho, ficção – (SP)

TROFÉU GUARNICÊ DE CINEMA MAIS PRÊMIO NO VALOR DE R$ 5.000,00 (CINCO MIL REAIS)* PARA:
Melhor Filme Curta Maranhense: “Chiaroscuro”, de Daniel Drumond, ficção – (MA)

TROFÉU GUARNICÊ DE CINEMA MAIS PRÊMIO NO VALOR DE R$ 10.000,00 (DEZ MIL REAIS)* PARA:
Melhor Filme Curta Nacional: “O nome do dia” de Marcello Quintella e Boynard, ficção – (SP)

O Júri Popular formado pelo público presente às sessões competitivas de curta metragem, escolheu:

TROFÉU GUARNICÊ DE CINEMA PARA:
Melhor Curta Nacional: “Do meu lado”, de Tarcísio Lara Puiati – ficção – (RJ)
Melhor Curta Maranhense: “O Mistério das Tulhas”, de Ananda Cardoso, Christian Caselli, Diego Uchôa, Helen Maria, Lua Ferreira, Leonardo Sá, Marcos Frazão e Melody Fisher, documentário - (MA).
          
CONCURSO OFICIAL DE FILMES LONGA METRAGEM
O Júri Técnico do Concurso Oficial de Filmes Longa Metragem formado por José Viana de Oliveira Paula (RJ) - Presidente; Vera Maria Pereira de Paula (RJ), Hermano de Figueiredo Mendes (AL), Guilherme Tristão Rocha (RJ) e Márcio Sallem (MA) concedeu a seguinte premiação:

TROFÉU GUARNICÊ DE CINEMA PARA:
Melhor Direção: Eugênio Puppo, pelo filme “Sem Pena”, documentário (SP)
Melhor Roteiro: Edson Ferreira e André Félix, pelo filme “Entreturnos” de Edson Ferreira, ficção (ES);
Melhor Direção de Fotografia: Jorge Maia, pelo filme “Sem pena”, de Eugênio Pippo, documentário - (SP)
Melhor Montagem/edição: Alfredo Barros e Felipe Iesbick, pelo filme “Entreturnos”, de Edson Ferreira, ficção (ES).
Melhor Trilha Sonora: Sascha Kratzer, Zepedro Gollo e Bruno Berê, pelo filme “O último Cine Drive-in”, de Iberê Carvalho, ficção - (DF)
Melhor Direção de Arte: Maíra Carvalho, pelo filme “O último Cine Drive-in”, de Iberê Carvalho, ficção – (DF)

Melhor Ator: Breno Nina, pelo filme “O último Cine Drive-in”, de Iberê Carvalho, ficção – (DF).
Melhor Atriz: Janaina Kremer, pelo filme “ Entreturnos” de Edson Ferreira, ficção – ES.

TROFÉU GUARNICÊ DE CINEMA MAIS PRÊMIO NO VALOR DE R$ 20.000,00 (VINTE MIL REAIS)* PARA:
Melhor Filme Longa Metragem Nacional: “Sem Pena”, de Eugênio Puppo, documentário (SP).

O júri técnico concedeu, ainda
TROFÉU GUARNICÊ DE CINEMA, MENÇÃO HONROSA PARA:
Á família Novais, pelo envolvimento na produção do filme “Ela volta na quinta”, de André Novais, ficção - (MG)
Á Arturo Sabóia (MA), Ione Coelho (MA) e Raffaele Petrini (MA), pela Curadoria de Pré-seleção da Mostra Competitiva de Filmes Longa Metragem.

OUTRAS PREMIAÇÕES
Troféu ABD – Associação Brasileira de Documentaristas – Seção Maranhão:
O júri formado por representantes da ABD-Maranhão, Martha Jackson, Guilherme José Verde Caldas e Dida Maranhão concedeu o Troféu ABD – Maranhão para:
- Melhor Curta Metragem: “Do Meu Lado”, de Tarcísio Lara Pulati, ficção - (RJ).
- Melhor Longa Metragem: “O último cine drive-in”, de Iberê Carvalho - ficção - (DF).

APROCIMA: Associação dos Produtores de Cinema do Maranhão concedeu o Troféu APROCIMA para:
Melhor Filme Curta Maranhense: “Chiaroscuro”, de Daniel Drumond, ficção – (MA

0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!