Reformada há pouco tempo, Pantheon está depredada
Tecnologia do Blogger.

Reformada há pouco tempo, Pantheon está depredada

Praça, no Centro, não recebe manutenção, lixeiras e bancos estão quebrados e há pichações em quase todos os espaços
Lixeiras foram destruídas e não há como acondicionar o lixo do local (Foto: Biné Morais)

Reformada há pouco mais de um ano, a Praça do Pantheon, no centro de São Luís, já apresenta diversas marcas de vandalismo e de falta de conservação. São bancos quebrados, pichações nos assentos, piso e canteiros, lixeiras inutilizáveis e mato crescendo sem poda. Os pedestais onde seriam recolocados os bustos continuam vazios e também são alvo de vandalismo. Apesar de a última reforma ainda estar recente, a praça vai passar por nova intervenção nos próximos meses.
A reforma da Praça do Pantheon deveria revitalizar o centro de São Luís. Localizada em frente à Biblioteca Pública Benedito Leite, a praça recebeu em outubro de 2013 obras de reforma do local pela Prefeitura de São Luís.

Os serviços estavam previstos para serem concluídos em 90 dias, ou seja, deveriam ter sido entregues em dezembro daquele ano. No entanto, até julho de 2014, o local ficou rodeado por tapumes, o que provocou muitas reclamações de quem frequentava o centro diariamente. O espaço foi liberado em setembro do ano passado, mas não foi reinaugurado oficialmente pelo Município e já naquela época apresentava problemas decorrentes do vandalismo.
Pedaços de madeira que formavam assento de banco foram retirados (Foto: Biné Morais)

Depredação - Dos 20 bancos da praça, seis estão com parte da estrutura prejudicada. Em dois deles, a estrutura de madeira dos assentos foi removida parcialmente e os demais tiveram o encosto depredado. Em outros há pichações, assim como no piso, canteiros e pedestais da praça. "Eu acho isso um absurdo.
Essa praça deveria estar novinha e bem cuidada, já que fica no centro da cidade, numa área de grande movimento. Mas a população nem sempre preserva o patrimônio e, como a Prefeitura não conserva, fica do jeito que a gente está vendo", comentou Leilane Oliveira, que trabalha no Centro e passa pela praça todos os dias.
Dos conjuntos de lixeiras, sobraram apenas as tampas e a estrutura metálica em que ficavam apoiadas. Por causa disso, o lixo se espalha pela praça. Papelão, garrafas PET, sacolas plásticas e até roupas são jogadas pelo logradouro. "A praça ficou interditada por muito tempo para reforma. A gente esperava que fariam um serviço bem feito, mas acho até que a reforma nunca foi concluída, já que a população retirou a maior parte do tapume para poder voltar a usar a praça", disse Adelma Martins.
Pichações estão espalhadas por todos os espaços da Praça do Pantheon (Foto: Biné MOrais)

Reforma - A reforma e revitalização da Praça do Pantheon previa a colocação de novo calçamento, tido como uma das principais necessidades do espaço, a substituição dos antigos bancos e recuperação dos canteiros, serviços que foram realizados. Na área de paisagismo, seria colocado novo gramado e arborização, em detrimento dos arbustos e do crescimento desordenado de vegetação que invadia o espaço do pedestre, constituindo um jardim melhor elaborado, mas no local o que se vê são as antigas árvores que já existiam no local e que não recebem serviço de poda das folhas.
A reforma da Praça do Pantheon também incluiria a recolocação dos bustos que ficavam no local, mas foram retirados desde meados de 2005, a pedido da Academia Maranhense de Letras (AML), por causa do estado precário do local e da ação contínua de marginais. Os bustos homenageavam nomes como Arthur Azevedo, Raimundo Correia, Urbano Santos, Coelho Neto, Humberto de Campos e Bandeira Tribuzi. Os bustos foram restaurados e desde 2007 estão expostos no pátio externo do Museu Histórico do Maranhão, na Rua do Sol, e deveriam voltar à praça assim que as obras fossem concluídas. As bases foram reformadas, mas até agora os bustos não foram recolocados na praça.
PAC - Apesar dos trabalhos feitos no logradouro pela Prefeitura entre 2013 e 2014, a Praça do Pantheon já deve passar por nova reforma. O local está incluído no pacote de obras de revitalização da Rua Grande, que inclui as praças do Pantheon, Deodoro e João Lisboa, no Centro. A obra é uma das 44 que serão realizadas pelo PAC Cidades Históricas, que investirá R$ 133 milhões na restauração e revitalização de diversos pontos de São Luís. A realização das obras está sob a supervisão da Superintendência Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

As obras de requalificação urbanística incluem as praças Deodoro, Pantheon e suas alamedas (avenidas Silva Maia e Gomes de Castro) ocorrerão após a conclusão das obras da Rua Grande, previstas para serem iniciadas em outubro.

Segundo o Iphan, a intervenção das praças é muito mais difícil, pois para essa área, atendendo ao pedido das secretarias municipais de Trânsito e Transportes (SMTT) e de Governo (Semgov), será aguardada a finalização da licitação da bilhetagem eletrônica que mudará a situação do transporte na região. Ainda segundo o órgão, para as obras de requalificação urbana das praças foram feitas diversas pesquisas históricas para que a área retome ao máximo suas características originais.
NÚMERO
R$ 324.104,92 
foi o valor gasto pela Prefeitura na reforma da Praça do Pantheon


0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!