Pelo menos cinco vereadores podem ser atingidos pelas fusões partidárias
Tecnologia do Blogger.

Pelo menos cinco vereadores podem ser atingidos pelas fusões partidárias

Francisco Chaguinhas, Osmar Filho e Roberto Júnior - todos do PSB - serão atingidos pela fusão com o PPS; Pedro Lucas Fernandes (PTB) e Sebastião Albuquerque podem ser do mesmo partido caso haja a fusão entre suas legendas.

Carla Lima Jornal O Estado do Maranhão 
Sebastião Albuquerque e Pedro Lucas poderão ficar no mesmo partido com o fusão PTB e DEM
Sebastião Albuquerque e Pedro Lucas podem ficar no mesmo partido com a fusão PTB e DEM
Quatro partidos discutem nacionalmente fusões das legendas. O PPS e PSB, cuja fusão está praticamente certa, e o PTB e DEM, cujas conversas ainda são iniciais. Os movimentos das legendas em Brasília já mexem com os membros das siglas na Câmara Municipal de São Luís. Pelo menos cinco vereadores podem ser atingidos com a possibilidade de fusões partidárias.
Os vereadores Osmar Filho, Francisco Chaguinhas e Roberto Rocha Júnior – todos do PSB – já falam da possibilidade de fusão do partido deles com o PPS. A consolidação disso levará o novo partido a ser criado com a fusão ficar somente com um parlamentar.

Chaguinhas e Osmar Filho já falam abertamente de deixar o PSB (ou a legenda a ser criada com a união com o PPS) devido ao posicionamento atual do PPS que é de candidatura própria. Tanto Osmar Filho quanto Chaguinhas são da base do prefeito de são Luís Edivaldo Júnior (PTC) e apoiam a reeleição dele. Chaguinhas já articula ir para o PR, partido que terá um vereador, Astro de Ogum, que já definiu sua filiação a legenda ainda este mês.
Osmar Filho, que é líder da Prefeitura na Casa, ainda conversa para saber qual o melhor partido da base do prefeito para ele se filiar. O vereador – que na verdade é suplente – quer garantir não somente ficar na base de Edivaldo Júnior, mas também uma legenda que garanta sua vitória nas urnas em 2016.
Roberto Júnior deverá ser o único parlamentar a ficar na sigla que surgirá da fusão PPS e PSB já que o pai, senador Roberto Rocha, é a favor da fusão e sabe que o PPS já tem um projeto de candidatura da deputada Eliziane Gama a Prefeitura de São Luís.
Ouros parlamentares que poderão ser atingidos por fusão partidária é Pedro Lucas Fernandes (PTB) e Sebastião Albuquerque (DEM). Ambos não se opõem a fusão das siglas, mas divergem quanto ao posicionamento a ser seguido pelo novo partido em relação as eleições do próximo ano.
Pedro Lucas quer que seja garantida a aliança com o prefeito Edivaldo Júnior para sua releeição. Já Sebastião Albuquerque, que sempre teve uma postura independente das questões partidárias, garante que pode até ter a aliança, mas é necessário discussões










 


0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!