Divino samba com Lena Machado
Tecnologia do Blogger.

Divino samba com Lena Machado

A cantora Lena Machado apresenta o show Divino Espírito Samba, hoje, a partir das 20h, no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho.

Caderno Alternativo -MA


A cantora Lena Machado se inspira nos sambas maranhenses

A cantora Lena Machado promete empolgar o público ludovicense por meio do show Divino Espírito Samba, que acontecerá hoje, a partir das 20h, no Anfiteatro Beto Bittencourt (Ágora do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho). O show, que é produzido pela Negro Axé Produções, também é gratuito. Em sua primeira apresentação no ano, Machado promete saudar o samba, ritmo genuinamente brasileiro e para isso convidou os ilustres representantes do samba maranhense Zé Pivô, Luzian Filho e Patativa para lhe acompanharem na festa.
Com instrumental de Andrezinho (percussão), Fofo (bateria), João Eudes (violão sete cordas), João Paulo Seixas (percussão), Lee Fan (flauta), Rafael Bruno (contrabaixo), Rui Mário (sanfona), Wanderson Silva (percussão) e Wendell Cosme (bandolim, cavaquinho e direção musical), Lena Machado interpretará 18 sambas tanto dos grandes mestres locais quanto nacionais. “O show é uma espécie de antologia com o melhor do samba brasileiro, o que inclui autores locais, que não devemos nada a ninguém”, disse.

Ela, que já lançou os álbuns Canção de vida (2006) e Samba de minha aldeia (2009) e participou do concurso Exposamba 2014 interpretando a canção Quem roubou minha aquarela?, de Cesar Teixeira, também emprestou sua voz para obras-primas de Antonio Vieira, Batatinha, Benito di Paula, Bruno Batista, Candeia, Chico Buarque, Ismael Silva, Luzian Filho, Paletó, Patativa, Paulo César Pinheiro, Roge Fernandes e Roque Ferreira.
Atualmente, a cantora está em fase de pesquisas, criação e busca de sonoridades e arranjos para a realização do terceiro disco de carreira. Segundo ela, o show será uma oportunidade de testar novos sons. Incluem-se ao repertório canções inéditas, como Quando Eu Chego no Samba, composição de Bruno Batista.
Participações - Recentemente, Lena Machado participou da gravação dos vocais do álbum Ninguém é melhor do que eu, de Patativa. A relação entre as duas começou em 2008, quando Lena Machado estava em busca de uma compositora local que lhe concedesse um samba para integrar seu segundo álbum de carreira. A diva do bairro Madre Deus foi a escolha certa e, na ocasião, Lena gravou a canção Colher de Chá. “Quando Patativa começou a gravar seu disco, ela se lembrou de mim e do momento em que fui até a casa dela pedir autorização para gravar sua música. Ela é uma das grandes sambistas da nossa cidade e não poderia deixar de integrar este show que é uma grande homenagem ao samba”, frisou.
Outro representante da velha guarda do samba maranhense que estará no show é Zé Pivó (compositor da Turma de Mangueira, da escola de samba do bairro do João Paulo e do bloco carnavalesco madredivino Fuzileiros da Fuzarca), além de Luzian Filho (do grupo Feijoada Completa), representante do atual momento do samba na capital. “É uma honra, eu, aprendiz, dividir o palco com estes mestres. É beber na fonte de nosso samba genuíno, legítimo, autêntico. Vou homenagear um gênero que é nosso e pertence à identidade brasileira”, concluiu.



0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!