Festival Guarnicê de Cinema exibirá filme com o ator Nelson Xavier
Tecnologia do Blogger.

Festival Guarnicê de Cinema exibirá filme com o ator Nelson Xavier

Nelson Xavier ficou conhecido por novelas como Irmãos coragem, além de peças e filmes como Chico Xavier
Filme, que tem atuação de Nelson Xavier, que morreu em maio aos 75 anos, em Uberlândia, Minas Gerais, será exibido nesta sexta-feira, 9, às 16h30, no Cine Praia Grande.
SÃO LUÍS - Os milhares de fãs e admiradores maranhenses do ator Nelson Xavier, que morreu em maio aos 75 anos, em Uberlândia, Minas Gerais, terão a oportunidade de assistir a mais uma das grandes atuações do ator no cinema nacional. O 40º Festival Guarnicê de Cinema exibirá o premiado longa Comeback nesta sexta-feira, 9, às 16h30, no Cine Praia Grande. A exibição, em sessão especial, será mais uma homenagem ao ator. O longa ficará na história como o seu último grande papel no cinema.

Comeback é um filme de ficção de Erico Rassi. Produzido pela Rio Bravo Filmes, o longa tem no elenco Nelson Xavier, Marcos de Andrade, Gê Martú e Everaldo Pontes. Aposentado da antiga carreira de pistoleiro, Amador (Nelson Xavier) leva uma vida solitária que nada se compara com os dias de perigo e, principalmente, de temor por parte das pessoas. Um dia, é procurado pelo neto de um antigo amigo, que deseja trabalhar com ele devido à sua fama. Amador logo o coloca como ajudante de sua atual atividade, o transporte de máquinas caça-níqueis para bares próximos, mas a falta de reconhecimento em relação ao que foi passa a incomodá-lo cada vez mais.
Nelson Agostini Xavier nasceu em São Paulo, em 30 de agosto de 1941. Chegou a cursar direito, mas a paixão pelo cinema mudo o estimulou a mudar de profissão. Nos anos 1950, entrou para a Escola de Artes Dramáticas da Universidade de São Paulo e também para o Teatro de Arena – um dos mais importantes grupos de artes cênicas daquela época.
Atuou, então, em suas primeiras peças, entre elas "Eles não usam black-tie" (1958), de Gianfrancesco Guarnieri, "Chapetuba Futebol Clube" (1959), de Oduvaldo Vianna Filho, "Gente como a gente" (1959), de Roberto Freire, e "Julgamento em Novo Sol" (1962), de Augusto Boal.
Mas foi em 1982 que viveu um de seus principais protagonistas, na primeira minissérie da Globo, "Lampião e Maria Bonita", dirigida por Paulo Afonso Grisolli e baseada nos últimos seis meses de vida de Virgulino Ferreira da Silva. Na Bahia, gravou a minissérie "O pagador de promessas" (1988), dirigida por Tizuka Yamasaki, com autoria de Dias Gomes. Na trama, interpretou o gigolô Bonitão, que tentava seduzir a mocinha Rosa (Denise Milfont). Nelson também fez novelas, entre elas "Pedra sobre pedra" (1992), "Irmãos coragem" (1995), "Senhora do destino" (2004) e "Babilônia" (2015).
Em 2010, Nelson interpretou Chico Xavier nos cinemas. Na época, o ator afirmou que havia vivido ali seu melhor papel. "Finalmente fiz o meu maior papel. Fui invadido por uma onda de amor tão forte, tão intensa, que levava às lágrimas", contou Nelson Xavier, que no longa viveu o líder espírita dos 59 aos 65 anos. "Nenhum dos personagens que fiz mudou minha vida. O Chico fez uma revolução".
Nelson Xavier ficou conhecido por novelas como 'Irmãos coragem', além de peças e filmes como 'Chico Xavier'. Em 2014, durante o Festival de Gramado, Nelson Xavier contou que fez tratamento contra o câncer de próstata em 2004 e que estava livre da doença. Foi lá também que recebeu o prêmio de melhor ator com "A despedida", um de seus últimos trabalhos.
O 40° Festival Guarnicê de Cinema é promovido pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) por meio do Departamento de Assuntos Culturais (DAC).


0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!