GRES FLOR DO SAMBA - DO DAOMÉ Á CASA DAS MINAS A ORIGEM DE UM POVO
Tecnologia do Blogger.

GRES FLOR DO SAMBA - DO DAOMÉ Á CASA DAS MINAS A ORIGEM DE UM POVO

Grêmio Recreativo Escola de Samba Flor do Samba
Carnaval de 1980 e 2006
Enredo: Do Daomé à Casa das Minas – A origem de um povo
Compositores: Beto Pereira e Augusto Tampinha

Foi Dã quem deu origem ao Daomé
E de lá pra cá a África se transportou
Guardadas no Gumé da Casa das Minas
Memórias de um povo exaltada ao som de um tambor

Uma família Davice
Aqui impõe sua cultura e tradição
Acolhe escravos, cresce forte
E a nação gege rompe a aurora dos seus deuses
Pra Zomadono com todo seu panteão
Negro dança a noite inteira
Cantando lamentos, de pés no chão

Toca o tambor de choro
É mais um negro que se vai
Morre um negro nasce outro
Deixa o negro em sua paz

Negra Fulô oh, oh, oh, oh, ! era feirante de amor
E o negrinho Cosme, imperador dos bem-te-vis
E ostentou toda uma raça, Catarina Mina
Negros brotaram das raízes do reinado do Abomey
Mãe Andressa encheu de amor todo querebetan
Evoca o teu orixá oferenda abobó, caruru e cuxá


Roda saia preta mina
Que o atabaque ecoou
Mostra a beleza e a nobreza
Quem o povo Font te deixou

0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!