Banco do Brasil anuncia fechamento da agência da Praça Deodoro em 2017
Tecnologia do Blogger.

Banco do Brasil anuncia fechamento da agência da Praça Deodoro em 2017






Outras duas unidades já encerraram as atividades em São Luís, do Anjo da Guarda e do Hospital Materno Infantil
Em todo o Maranhão, a previsão é que 13 agências sejam desativadas até o próximo ano  

NELSON MELO- JORNAL PEQUENO

Com foco no atendimento digital e devido a um processo de redimensionamento nacional da estrutura organizacional, o Banco do Brasil (BB) irá fechar mais uma agência na capital maranhense. A previsão é que a da Praça Deodoro encerre suas atividades no próximo ano, como anunciado pela Assessoria de Imprensa da instituição. Outras duas serão transformadas em Postos de Atendimento Bancário (PAB), nos bairros da Alemanha e do Anil. 


Conforme repassado pela Assessoria do BB à reportagem do Jornal Pequeno, a medida segue uma análise do comportamento dos clientes e questões vinculadas ao atendimento, pois teria sido verificada uma elevação na demanda pela ferramenta digital, incluindo a internet banking. Diante disto, com a reorganização institucional, a unidade da Praça Deodoro será atingida, por critérios de escolha não especificados, o que significa que fechará as portas no decorrer de 2017. 

DUAS JÁ FECHARAM

Importante relembrar que durante este ano, duas outras agências do Banco do Brasil já haviam encerrado as atividades, sendo as do Anjo da Guarda, cujo atendimento foi transferido para uma unidade situada no interior do Campus da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), na região do Itaqui-Bacanga; e a do Materno Infantil, que passou a funcionar na agência do Jaracati. 

A desativação da agência da Deodoro, como se pode presumir, gerará transtornos inimagináveis, pois a unidade – caracterizada pela formação de grandes filas de clientes – se localiza na região central da cidade e se situa em uma área bastante movimentada e com grande concentração de comércios e trânsito constante de pedestres. Nesse sentido, conforme observável diariamente, é muito procurada para saques, depósitos e outros procedimentos bancários. 

POSTOS DE ATENDIMENTO

Para 2017, de acordo com a Assessoria de Imprensa, as unidades do BB da Alemanha e do Anil, igualmente localizadas na capital, perderão o status de agência e serão transformadas em PAB. Estes postos de atendimento se caracterizam por não possuir atendimento em guichê. Nas palavras de Eloy Natan, presidente do Sindicato dos Bancários do Maranhão (Seeb/MA), a medida prejudicará os clientes, pois estes terão que realizar determinados procedimentos somente em casas lotéricas, Correios etc. 

Com o fechamento dos prédios do Anjo da Guarda, Materno Infantil e Deodoro, e com a mudança das agências do Anil e Alemanha em postos de atendimento, São Luís perderá cinco unidades do BB no total. 

NÚMEROS DO MARANHÃO

Quando a referência é o Maranhão, estes números sobem para 13, tendo em vista que as unidades do Banco do Brasil localizadas no Parque das Nações, em Açailândia, e na Praça da Cultura, em Imperatriz, serão fechadas no próximo ano, dando sequência ao processo de reestruturação nacional. Ademais, agências fixadas nas cidades de Amarante do Maranhão, Itinga, Lima Campos, Lima Campos, Matões, Olho d’Água das Cunhãs e Parnarama passarão a funcionar como PAB

NÚMEROS NO BRASIL

Em se tratando do Brasil, as medidas preservam a presença do BB nos municípios em que já atua e vão resultar no encerramento de 31 superintendências regionais, 402 agências e na transformação de outras 379 em Postos de Atendimento Bancário. Em outubro, o BB já havia iniciado o encerramento de outras 51 agências.

A estratégia de ampliação do atendimento por canais digitais prevê a abertura, ainda em 2017, de mais 255 unidades de atendimento digital, entre escritórios e agências digitais, que irão se somar às 245 já existentes. Essas unidades digitais já atendem a 1,3 milhão de clientes, com expectativa de chegar a 4 milhões até o final de 2017. 

Redução anual de R$ 750 milhões em despesas

A assessoria do BB salientou que essas mudanças na rede de atendimento serão feitas para se adequar ao novo perfil e comportamento dos clientes, com otimização de estruturas e ampliação de serviços digitais. Também foi declarado que “apenas com a reorganização de suas unidades, o BB estima redução anual de R$ 750 milhões em despesas, valor que poderá aumentar significativamente a partir da adesão de funcionários ao Plano Extraordinário de Incentivo a Aposentadoria”. 

Esse programa de antecipação de aposentadoria será direcionada para o público potencial de até 18 mil pessoas que já reúnem condições para se aposentar, sendo que esta revisão da estrutura do BB levará à redução de 9.300 vagas no quadro de pessoal. Será concedido, como avalia o Banco do Brasil, incentivo de desligamento correspondente ao valor de doze salários, além de indenização pelo tempo de serviço, que varia de 1 a 3 salários, a depender do tempo de Banco (entre 15 e 30 anos completos).

Reorganização institucional no Maranhão

O Banco do Brasil oferece 161 unidades de atendimento no Maranhão, sendo 118 agências e 43 postos de atendimento. Os clientes do Banco do Brasil também contam com 357 correspondentes bancários, 1017 caixas eletrônicos BB e 261 terminais da rede Banco 24h no estado. 

Rede de atendimento atual
118 agências
43 postos de atendimento
161 unidades de atendimento no total

Rede de atendimento após a reorganização
105 agências
51 postos de atendimento
156 unidades de atendimento no total

O BB possui 1892 funcionários no Maranhão e 248 fazem parte do público potencial do Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada, que prevê adesão voluntária.

0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!