Astro de Ogum muda de lado e ouve o que o povo tem a dizer
Tecnologia do Blogger.

Astro de Ogum muda de lado e ouve o que o povo tem a dizer


 Presidente da Câmara Municipal de São Luís, o vereador Astro de Ogum (PR), mudou radicalmente de lado na última terça-feira, (12), ao em vez de está presidindo a sessão do legislativo assistiu tomando assento na galeria, como fazem dezenas de cidadãos nos dias de terça, quarta e quinta-feira.

Lá na galeria é que circula o burburinho sobre o que os assistentes estão achando do que está acontecendo durante a sessão de debates entre vereadores e votações de requerimentos, indicações, projetos de lei e outras proposições. Ali Astro de Ogum estava em contato com alguns amigos que frequentam o local, bem como ouviu algumas reclamações acerca de alguns atos que acontecem no parlamento de São Luís, bem como críticas a administração da prefeitura da capital maranhense.


“Estava na galeria para voltar a sentir o clima de quem assiste uma sessão e vê pessoas que não se conhece falar o que está pensando sobre a Câmara e um ou outro vereador”, disse Astro de Ogum com seu jeito simples sem ser piegas. “Uma coisa é está presidindo a sessão e olhar encarar a situação lá da Mesa Diretora, ou ficar dentro do plenário, enquanto outra é se colocar no lugar do espectador, de quem está assistindo a sessão e participar de um clima totalmente diferente”, emendou.

A presença de Astro de Ogum na galeria causou estranheza para alguns, comentando que ele estaria fazendo alguma sondagem, porém, conforme comentou ele com algumas pessoas, “tive vontade de fazer isso hoje porque amanheci com esse sentimento”, destacou.

Conforme Astro, atitude como essa é salutar, porque assim o vereador pode auscultar o sentimento popular e não ficar naquela de só procurar o povo em período eleitoral.  
==============================

Projeto de Roberto Rocha Jr. garante
correspondências em braile em SL


A Câmara Municipal aprovou na manhã desta segunda-feira, 11, o Projeto de Lei Nº 233/13, do vereador Roberto Rocha Júnior (PSB), que assegura aos deficientes visuais residentes no município de São Luís, o direito de receberem em braile, e sem nenhum custo adicional, as correspondências oficiais do Poder Público Municipal, bem como das empresas comerciais de qualquer natureza.
O autor da proposta na Câmara, vereador Roberto Rocha Júnior, disse que a medida tem o objetivo de promover a inclusão social e dar mais autonomia às pessoas com deficiências visuais do município. Segundo ele, o projeto segue os parâmetros da Lei da Acessibilidade (PL Nº 10.098/00), queestabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida.
”O direito à comunicação e ao sigilo das correspondências deve se estender a todos os cidadãos, independentemente das barreiras físicas que os limitam. E o poder público deve buscar alternativas para que as pessoas com deficiência visual tenham seus direitos respeitados e preservados em bases iguais com os demais cidadãos”, ressaltou.
De acordo com o projeto, após ser sancionado pelo prefeito, Edivaldo Holanda Júnior, para receber as correspondências em braile, a pessoa com deficiência deve solicitar junto à Prefeitura de São Luís, onde deverá ser feito o cadastramento e as correspondências passem a ser expedidas.
Braile- O Sistema Braile é o código de leitura e escrita das pessoas cegas criado por Louis Braille, em 1825, na França. A escrita é feita em relevo, e sua leitura requer o desenvolvimento de habilidades do tato, que envolvem conceitos espaciais e numéricos, sensibilidade, destreza motora e coordenação com as duas mãos.




0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!