Mais de 200 mil doses de vacina contra gripe serão distribuídas em SL
Tecnologia do Blogger.

Mais de 200 mil doses de vacina contra gripe serão distribuídas em SL

Campanha inicia no dia 4 de maio; o alvo são crianças de 6 meses a 5 anos, idosos, indígenas, entre outros


São Luís tem à sua disposição 203 mil doses aproximadamente das vacinas contra a gripe para a campanha de imunização contra a enfermidade, que será iniciada na segunda-feira, dia 4 de maio. De acordo com a pasta, nos próximos dias, as doses serão distribuídas às 66 unidades de saúde da rede pública na capital maranhense.
Caso o Município consiga aplicar as doses de vacina à disposição, deverá superar a cobertura imunológica alcançada no ano passado, quando, de acordo com o Programa Nacional de Imunização, na capital maranhense, 158.069 pessoas receberam a vacina.

A pasta esclarece ainda que, para a campanha deste ano, serão vacinadas crianças de 6 meses a menores de 5 anos, pessoas acima dos 60 anos, trabalhadores da saúde, povos indígenas, gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto, além da população privada de liberdade, dos funcionários do sistema prisional e das pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis.
De acordo com a superintendente de Vigilância Sanitária e Epidemiológica do Município, Terezinha Lobo, a população precisa colaborar com os trabalhos, para que as doses ofertadas sejam aplicadas em tempo hábil. "Há uma meta estabelecida pelo Ministério da Saúde [MS] que precisa ser cumprida. Portanto, a população precisa colaborar, indo aos postos e se vacinando e vacinando seus filhos", disse.
Ano passado, o Município enfrentou dificuldades para cumprir a estimativa de público-alvo estabelecida pelo Ministério da Saúde (MS). Em 2014, as ações de imunização foram iniciadas no dia 22 de abril, com término previsto para ocorrer no dia 9 de maio. No entanto, no prazo estabelecido pelo próprio MS, o Município havia cumprido apenas 30% da meta.
Várias razões foram apontadas, à época, para o não cumprimento da meta em tempo hábil, dentre eles, a baixa divulgação das ações de proteção imunológica, além da possível rejeição à vacina. Em outros estados da federação, por exemplo, houve relatos de pessoas que apresentaram alergias à vacina, especialmente aquelas com algum tipo de intolerância à lactose.
Mais
Entre as categorias elencadas pelo MS e que estão com riscos clínicos para vacina contra a gripe, estão pessoas com doenças respiratórias crônicas, com doenças cardíacas crônicas, com doenças renais crônicas, com hepatites crônicas e doenças neurológicas crônicas, além de pessoas com diabetes, transplantados e obesos com obesidade grau III.
Números
9 de maio é o dia D de mobilização para a imunização contra a gripe, na capital maranhense
30% foi a cobertura vacinal, no ano passado, durante o período oficial de campanha estabelecido pelo MS na capital maranhense


0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!