Blocos Tradicionais já estão em ritmo de Carnaval e aceleram produção de fantasias para brilhar na passarela.
Tecnologia do Blogger.

Blocos Tradicionais já estão em ritmo de Carnaval e aceleram produção de fantasias para brilhar na passarela.

Caderno Alternativo – Jornal O Estado do Maranhão  - 11.01.2015

·         .
Cortar, bordar e montar fantasias dos blocos tradicionais que fazem festa para Momo é um processo intenso, mas reconfortante, principalmente para quem se dedica o ano inteiro para esta data. Em São Luís, grande parte das 19 agremiações que compõem o Grupo A dos Desfiles de Blocos Tradicionais do Carnaval já está a todo vapor no quesito confecção de fantasias e adereços.
Com os temas decididos e sambas na ponta da língua, alguns blocos já saem às ruas em ritmo de pré-Carnaval enquanto outros se dedicam a intensos ensaios para fazer bonito na avenida. Para o desfile na passarela, que acontece no dia 14 de fevereiro, alguns blocos estão com os trabalhos avançados, outros, por falta de materiais para confecção de vestimentas, as atividades ainda estão paralisadas. Os Vampiros tenta o bicampeonato.

Com o samba Uma história pra contar, de Luzian Filho e Josias, os intérpretes Frank Hudson, Fernanda Garcia, Silvio Freitas e Josy puxarão os 125 componentes do bloco, que ostenta quatro títulos no Carnaval maranhense, sendo um pelo Grupo B (2001).
Economia - Flávio Henrique adianta que seu bloco já está bastante adiantado em relação à produção de fantasias, assinada pelo designer Wadson Câmara. "Sessenta por cento de todo o material que utilizamos vem de São Paulo", explicou.
Os Feras. A mesma visão de barateamento é defendida pelo Bloco Os Feras. Lá, 80% de todo o material adquirido também é oriundo de terras paulistas. Com fantasias nas cores prata, branco, preto, laranja, vermelho e ouro, assinadas pelo carnavalesco Dew Rodrigues, os 130 integrantes do bloco aportarão no Carnaval de 2015 com o tema Paixão ao Toque da Rintinta, uma homenagem aos 40 anos de tradição de Mestre Paulinho, o Paulo Salaia. Campeão do Grupo B no ano passado, o Bloco Reis da Liberdade traz enredo inspirado no Deus Baco como disse o presidente do bloco, Éder Silva.
Atrasos - Embalados pelo samba Uma Ópera de Luz, Os Tremendões mantém-se em atraso em relação aos demais. "Não começamos a confecção das fantasias, mas já estamos ensaiando muito e garantimos que vamos fazer um bom Carnaval", disse o presidente Raimundo Melo.

Os Brasinhas virá neste ano com enredo em homenagem ao carnavalesco Chico Coimbra. Por meio do samba Chico Coimbra - Senhor dos Sonhos, uma brasa de saudades - Filho de Apolo, Deus da Sabedoria e das Artes, o bloco, que já sai nas ruas de São Luís aquecendo os tamborins para a apresentação no Sábado Gordo de Carnaval, ainda não concluiu suas indumentárias por falta de recursos. As fantasias são assinadas por Enoque Silva.
Foliões - Trazendo o samba a Africanidade, de Gilvan da Mocidade, Godinho, Zé Costa e Zé Lopes, um poema de amor à cultura afro-brasileira, enaltecendo grandes nomes da arte negra no Brasil, além de símbolos da luta pela igualdade racial , Os Foliões inicia as atividades hoje, às 16h, na Rua Cândido Ribeiro, quando se concentrará para sair em cortejo pelas ruas do Centro. O bloco sairá às 17h30 da Cândido Ribeiro, visitando casas de componentes e amigos. A festa tem o nome de Dia do Caçador e acontece há 10 anos.


0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!