Terremoto no Nepal de magnitude 7,8 deixa mais de 1.100 mortos
Tecnologia do Blogger.

Terremoto no Nepal de magnitude 7,8 deixa mais de 1.100 mortos

Um terremoto de magnitude 7,8 atingiu o Nepal neste sábado (25), deixando mais de 1.100 mortos em quatro países.

O número de vítimas chegou a ao menos 1.130 no Nepal, de acordo com o último balanço das autoridades locais divulgado pela agência Associated Press. Os relatos de mortos em outros países são conflitantes, mas as agências falam em ao menos 34 mortos na Índia, outros 6 na região chinesa do Tibete e mais 2 em Bangladesh.

A maioria das mortes do Nepal ocorreu no vale de Katmandu, que é a região mais populosa do país.


Há pelo menos um grupo de brasileiros na região neste momento. Segundo o Itamaraty, por enquanto não há registro de brasileiros entre as vítimas
"Recebemos a informação de que há grandes perdas materiais e humanas no Nepal", disse Krishna Prasad Dhakal, diplomata na embaixada do Nepal em Nova Deli.

"Provavelmente centenas de pessoas morreram em várias regiões do país, principalmente em Katmandu e Pokhara", acrescentou.
Vários edifícios antigos desabaram em Katmandu, incluindo templos e alguns monumentos, e milhares de pessoas foram às ruas por causa do risco de queda de outros prédios.

No Everest, vários montanhistas ficaram presos por causa do tremor. "Estamos bem, mas está nevando e por isso não há helicópteros a caminho", informou por mensagem um jornalista da AFP na região.

O terremoto durou entre 30 segundos e dois minutos e foi o pior a atingir a região em 80 anos. "Ainda estamos buscando informações e tentando ajudar os afetados em nosso país e no Nepal", disse no Twitter o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi.

O tremor foi registrado às 11h56 locais deste sábado (3h11 no horário de Brasília), a 70 quilômetros do noroeste de Katmandu, informou o USGS. Após o tremor de maior potência, outras quatro réplicas de menor intensidade foram sentidas no país.

O movimento tectônico foi sentido também no norte da Índia, desde Calcutá até a fronteira do Paquistão, especialmente no leste e em regiões que fazem fronteira com o Nepal.

Por enquanto, não há indícios de que entre as vítimas do terremoto haja brasileiros, informou o Itamaraty.
NEPAL

O país possui características e regiões que atraem turistas para fazer trilhas e escaladas nas montanhas -o Nepal abriga 8 dos 10 maiores montes do mundo, inclusive o mais alto, o Everest.

O turismo é a principal fonte de renda do país, um dos mais pobres da Ásia. Em 2013, cerca de 800 mil visitantes estrangeiros estiveram por lá.
Um antigo reino hindu, que passou por muita turbulência política nos últimos 20 anos e agora é uma democracia parlamentarista, o Nepal apresenta alguns dos mais refinados exemplos da arquitetura real e religiosa hinduísta.
Além disso, é fortemente influenciado pelo budismo tibetano, já que é vizinho da hoje região chinesa e recebeu grande influxo de fugitivos da ocupação comunista de 1949. O sincretismo nas ruas é notável, e o cumprimento nacional exprime essa característica: "Namastê" (algo como "o deus que está no meu coração saúda o que habita o seu", em sânscrito). 

0 comentários:

Postar um comentário

visualizações!